Vida familiar e ciclismo/BTT. 5 truques para conciliar

Se andares pouco de bicicleta ficarás de mau humor, mas se andares muito sentirás que dedicas pouco tempo à família... Bem-vindo ao mundo dos que além de bons pais também querem ser ciclistas/betetistas medianos.
Yago Alcalde e Carlos Pinto -
Vida familiar e ciclismo/BTT. 5 truques para conciliar
Vida familiar e ciclismo/BTT. 5 truques para conciliar

Este é um daqueles temas que causa algum tipo de conflito quando começamos a ficar "vidrados" no BTT. Por um lado, não queremos deixar de estar com a família e acompanhar o crescimento dos nossos filhos, por outro sabemos que se deixarmos de pedalar - que é algo que nos dá muito gozo - corremos o risco de regredir em termos de forma e mesmo a nível de técnica. Pedalar proporciona uma sensação de liberdade, é como um escape ao nosso dia a dia, em que esquecemos os nossos problemas. Mas, obviamente, enquanto estamos a pedalar não estamos com a nossa família, e isso pode implicar conflitos internos, sobretudo se temos filhos. Estes conflitos podem ser connosco próprios - pois o tempo familiar supõe abdicar de distrações externas -, mas também familiares, pois a nossa ausência implica que o outro elemento do casal tenha de se desdobrar em tarefas caseiras e responsabilidades enquanto estamos a pedalar. Deste modo, e pegando no senso comum, bem como em experiências pessoais, podemos dar os seguintes conselhos ou recomendações:

1. MUDA O CHIP O QUANTO ANTES

Se optaste por ser pai, não vais ter o mesmo nível que tinhas quando não o eras. Deves assumir que nestes primeiros anos vais ter menos tempo para pedalar do que antes. E isso não tem nada de mal.

2. COMUNICAÇÃO E ORGANIZAÇÃO

Fala acerca deste tema com o teu cônjuge. Explica-lhe o grau de importância que significa para ti andar de bicicleta para que te ajude a organizar a agenda familiar de modo a que possas andar de bicicleta durante a semana. O essencial é que os dois cheguem a algum tipo de acordo para que as tuas voltas ao fim de semana interfiram o menos possível com os planos familiares. Se vais participar em alguma prova, também é importante planificar com tempo os treinos necessários, a viagem, etc.

3. ESCAPE

Se no fim de semana é complicado teres tempo, tenta encontrar algum tempo durante a semana no qual seja possível treinar pelo menos uma hora e meia. Por vezes só terás tempo de manhã bem cedo ou ao final da tarde, por isso será conveniente comprares umas luzes e eventualmente um rolo de treino.

4. MADRUGAR

Um recurso clássico dos pais que andam de bicicleta é treinar de madrugada e assim interferir o mínimo possível com a dinâmica familiar. Embora custe muito levantar no sábado às 6 ou 7h da manhã, compensa, pois se regressares às 10h com 50 km nas pernas e tomares o pequeno-almoço com a família, verás que bem que sabe.

5. TREINO INDOOR

Se treinar no exterior vai complicar a tua dinâmica familiar e laboral, pode optar por fazer rolos em casa ou ir ao ginásio fazer Spinning. Obviamente, é mais aborrecido do que ir para os trilhos, mas serve perfeitamente para não perdermos totalmente a forma.