Travões esponjosos? Segue estes passos antes de os sangrares

Se os teus travões estão com um tacto anormal e a manete demora mais tempo a regressar ao sítio, existe um truque que deves experimentar antes de sangrares o circuito.
Iván Mateos -
Travões esponjosos? Segue estes passos antes de os sangrares
Travões esponjosos? Segue estes passos antes de os sangrares

Se notas que os teus travões hidráulicos apresentam sinais de um retorno lento da manete ou das pastilhas de travão (ou ainda um curso excessivo da manete), pode ser que os pistões estejam colados ou sujos na zona da pinça do travão. Antes de purgares o sistema, tenta suavizar o acionamento do pistão ou pistões seguindo os passos que te sugerimos.  

1> Desmonta a roda do travão afetado.

2> Aperta a manete de travão várias vezes até que as pastilhas de travão quase entrem em contato entre si.

3> Introduz o separador de pastilhas (proporcionado pelo fabricante juntamente com o travão ou com a bicicleta) entre as pastilhas para separá-las até à largura total do separador.

4> Retira o separador de pastilhas.

5> Repete os passos 1 a 4.

6> Volta a montar la roda.

7> Aperta a manete de travão várias vezes para colocar as pastilhas de travão à distância adequada do disco (isso acontece automaticamente).

8> Se as pastilhas roçarem nos discos, volta a colocar a pinça, afrouxando os parafusos de fixação ao quadro. 

Faz rodar a roda e comprova o funcionamento do travão. Os pistões deverão mover-se livremente e não deve haver curso excessivo da manete de travão. Se não melhorar, provavelmente terás de realizar uma limpeza externa dos pistões e purgar o sistema.