Bloqueio da suspensão: usa-o com cuidado

É normal que os bloqueios se avariem com o tempo ou deve-se a um uso inadequado? Será falta de manutenção?
Ivan Mateos -
Bloqueio da suspensão: usa-o com cuidado
Bloqueio da suspensão: usa-o com cuidado

De facto, na pergunta já está implícita a resposta. E se falamos em abusar é porque há situações nas quais o bloqueio não deveria estar ativo. Uma fonte muito comum de avarias nas suspensões é uma utilização incorreta do comando de bloqueio. A suspensão, como o seu próprio nome indica, está desenhada para absorver, não para funcionar como uma forqueta rígida, por isso não podemos pedir-lhe que tenha a mesma resistência quando está bloqueada.

Não abuses do bloqueio em zonas onduladas, pois estarás a submeter os retentores e as juntas a uma grande pressão. E não te esqueças de desbloquear quando saires de uma estrada e entrares num caminho ou trilho. Em estradões com gravilha ou terra compacta, podes usá-lo ou, se a tua suspensão o permite, fecha a plataforma de pedalada precisamente até ao ponto em que as oscilações de pedalada estejam controladas. No entanto, logo que apareçam impactos de alguma envergadura, lembra-te de desbloquear sempre.

Para além deste conselho, convém lembrar que, se queres que a tua suspensão dure muito tempo, é conveniente fazer uma manutenção anual à suspensão, ou na data indicada pelo fabricante.