Teste sapatos Specialized Exos

Testámos uns dos sapatos de estrada mais leves do mundo - e também dos mais caros - mas que cumprem aquilo que prometem.
Revista Ciclismo a fundo -
Teste sapatos Specialized Exos
Teste sapatos Specialized Exos

Já testámos inúmeros sapatos de ciclismo ao longo dos últimos 10 anos e no campo dos mais leves, sempre existiu uma grande lacuna: o conforto. Alguns dos sapatos mais leves que testámos - e que fomos publicando na revista Ciclismo a fundo - pecavam por terem partes superiores termo-moldáveis pouco confortáveis, que por vezes provocavam bolhas ou irritação, pois como é normal no ciclismo, os pés tendem a inchar com o calor ou devido à vasodilatação natural derivada do esforço. Como esses sapatos tinham uma cobertura rígida e não moldável, o desconforto aparecia em voltas mais longas e, sobretudo, em tempo quente.

No caso destes Specialized Exos, a cobertura é feita num material denominado Dyneema de origem aero-espacial, um conjunto de fibras superleves e altamente resistentes com uma textura diferente da tradicional pele sintética, altamente moldáveis. Além do mais, os Exos apenas possuem um aperto Boa, o qual demonstrou ser suficiente na maioria das situações e que está estrategicamente colocado no topo da lingueta, facilitando o ajuste, mesmo em andamento.

Sapatos de Estrada S-Works EXOS

Confessamos que inicialmente tínhamos algumas reticências acerca deste ponto, pois achávamos que um rotor apenas não seria suficiente para manter a parte dianteira e mediana do pé justa, mas depois reparámos que, como a parte frontal até sensivelmente à zona do metatarso é completamente fechada e justa, isso assegura um ajuste efetivo.

A sola de carbono Fact Powerline é de alta qualidade, com um índice de rigidez de 13 pontos, em 14 possíveis. Na sola estão presentes quatro aberturas (algumas delas bem generosas) para respiração do interior do sapato, contribuindo também para manter o baixo peso. Para além disso, a parte traseira da sola tem uma cunha de apoio do calcanhar, que ajuda a manter o equilíbrio quando os cleats estão instalados. Esta cunha pode ser substituída, o que é outra mais valia.

Sapatos de Estrada S-Works EXOS

Tanto as palmilhas como a sola adotam a tecnologia Body Geometry, baseada em estudos anatómicos que privilegiam o conforto, a maximização da potência e evitam lesões. 

No tamanho 45 o par pesa uns impressionantes 348 gramas e essa é apenas a ponta do iceberg. Para além do peso pluma, o conforto é soberbo. Não existem pontos de pressão, irritações, assaduras ou bolhas. No início estranha-se ser possível mover os dedos dos pés - até parece que não temos nada calçado -, mas depois assumimos isso como natural e a sensação de leveza e suavidade é o grande destaque.

E quanto à durabilidade? Já estamos a testar estes sapatos há meses e cada vez nos surpreendem mais. Nem mesmo as partes coladas cederam e tirando um ou outro toque no pneu (algo normal e que marcou a biqueira), danificou o tecido superior. E basta passar com um pano húmido para estes sapatos voltarem a estar como novos.

Sapatos de Estrada S-Works EXOS

No cômputo geral, não podíamos estar mais satisfeitos. São de facto extremamente caros e não são para todas as carteiras, mas quem procura os melhores sapatos que existem no mercado, bem como os mais leves e confortáveis, tem de ter estes Exos em linha de conta.

 

OK

Leveza

Conforto

Rigidez

 

KO

Preço elevado

 

Preço: 499,90€

Peso: 348g o par

Site: www.specialized.com