Teste capas para sapatos Bontrager Halo S1

Se privilegias a segurança enquanto pedalas nos dias mais frios, estas capas com refletores e cor fluorescente podem ser o teu melhor aliado.
Carlos Pinto
Teste capas para sapatos Bontrager Halo S1
Teste capas para sapatos Bontrager Halo S1

Nos dias frios, pedalar pode parecer um suplício... Isso era dantes, quando não existia roupa térmica de qualidade. Hoje em dia, as marcas fabricam peças cada vez mais técnicas com novos tecidos e processos de fabrico, garantindo não só um efeito térmico adequado, como uma boa eliminação da sudação.

E hoje em dia, para nos sentirmos seguros a pedalar, sobretudo na via pública, é essencial usar luzes e vestuário com bandas refletoras e/ou cores fluorescentes que nos tornem visíveis perante os demais. É o caso destas capas para sapatos Halo S1, da Bontrager. Muitos desconhecem, mas existem sobretudo três zonas no corpo do ciclista que, se visíveis, podem salvar-lhe a vida em zonas com pouca luminosidade. Uma é a cabeça (usar um capacete com cor fluorescente é aconselhável), outra é a zona inferior das costas (pois é a que está na linha de visibilidade da maioria dos condutores, daí ser essencial usar luzes traseiras na bicicleta) e a outra são os pés, pois a rotação dos mesmos - o chamado biomovimento - será um sinal de alerta se usares sapatos, meias ou capas de sapatos com bandas refletoras ou cores fluorescentes.

Por isso, estas capas que testámos são dois em um, dado que incluem bandas refletoras laterais (de tamanho generoso) e a cor é o amarelo fluorescente. Além disso, e este é um pormenor que deve ser destacado, estas capas podem ser usadas tanto em BTT como em estrada, dado que a parte inferior tem uma abertura enorme, pelo que quer seja com cleats de BTT, quer seja com travessas de estrada, estas capas são compatíveis. Acresce o facto de que isto possibilita usar os apoios dos próprios sapatos quando caminhamos, o que é uma mais valia, pois outros modelos que testámos de marcas concorrentes não o permitem, fazendo com que escorregássemos em algumas ocasiões, levando, inclusivé, a que o tecido em contato com o solo ficasse danificado rapidamente. Neste caso isso não acontece, pois a maior parte da sola estará em contato direto com o solo, à exceção da biqueira, que inclui um tecido reforçado e em cunha, sobretudo para evitar a entrada de água. O ajuste é feito de duas formas: em baixo, na zona da sola, possui um velcro sobredimensionado, contudo o mesmo não foi reforçado com uma costura dupla. Durante o nosso teste não se descoseu, mas convém ter algum cuidado para evitar exceder a resistência estrutural desta zona. Muitas capas rasgam-se neste sítio, portanto é um ponto a reter. O outro ajuste existente é um fecho com cremalheira localizado na parte traseira. O fecho é de qualidade, dado que a Bontrager contratou a melhor marca que produz este acessório na atualidade, a YKK, sendo protegido internamente por uma banda de tecido (para assegurar a proteção térmica e estanquicidade), tendo também uma pequena lingueta na extermidade superior. Tanto o calcanhar como a ponta do sapato foram reforçados com uma camada de tecido rugoso e de cor diferenciada (cinza), para proteger de toques no pneu em outro local e, ao mesmo tempo, disfarçar eventuais sujidades nestas zonas tão sensíveis.

Quanto ao corte, apesar de ser relativamente justo, permite alguma liberdade de movimentos. Ressalvamos que se comprares o número acima o tecido pode ficar um pouco largo e rugoso, por isso aconselhamos a confirmar primeiro o tamanho exato. Quanto ao seu comportamento, gostámos do efeito térmico (não aquecem em demasia), o ajuste é fácil de executar e também são impermeáveis.

Por último, aconselhamos experimentares estas capas. A Bontrager oferece uma garantia em que, após a compra, se não gostares destas capas ou de qualquer outro produto da marca, devolvem-te o dinheiro. Melhor, não há!

Preço: 69,99 euros

Site: clica AQUI.

Tamanhos: S a XXL Dica: lava estas capas à mão e prolongarás a vida útil das mesmas. Se lavares na máquina com outras peças, podem danificar o restante vestuário.