comitium

Tour: Tim Merlier ganha em dia marcado por novas quedas

Ganhou pelo segundo dia consecutivo um ciclista da Alpecin-Fenix, num sprint muito reduzido no qual caíram Peter Sagan e Caleb Ewan. O dia também ficou marcado pela queda de outros favoritos, como Roglic, Pogacar e Miguel Ángel López, que cederam tempo, tendo Jack Haig abandonado a prova.

Tour: Tim Merlier ganha em dia marcado por novas quedas
Tour: Tim Merlier ganha em dia marcado por novas quedas

Não é novidade nenhuma que os primeiros dias da Volta a França costumam ser caóticos, com muitas quedas e muito nervosismo à mistura. Nestes primeiros dias vive-se uma espécie de instinto de sobrevivência, em que cada ciclista tenta a todo o custo tentar chegar à meta são e salvo. Acresce o facto de que nem sempre as estradas são as mais indicadas para a passagem de um pelotão a alta velocidade. 

Hoje voltámos a assistir a um dia marcado por quedas, que desvirtuaram a prova e fizeram com que alguns dos favoritos perdessem tempo. E nem sequer falamos das possíveis consequências físicas. Até ao momento, Robert Gesink, Caleb Ewan e Jack Haig tiveram de abandonar a prova. Também Geraint Thomas, Miguel Ángel López, Primoz Roglic, Tadej Pogacar ou Peter Sagan, entre outros, foram afetados em maior ou menor medida pelas mesmas, numa etapa muito nervosa que percorreu as estreitas estradas da Bretanha.  

No meio de todo este caos vivido nos quilómetros finais, reinou Tim Merlier, o mais rápido de um sprint muito reduzido - apenas uma vintena de ciclistas - e também acidentado, já que Ewan e Sagan caíram, ficando o australiano em pior estado (foi evacuado para o hospital com uma fratura da clavícula). Cortaram a meta a seguir ao belga da Alpecin-Fenix Philipsen, Bouhanni, Ballerini, Colbrelli, Alaphilippe e Mathieu Van der Poel, que continua a vestir a camisola de líder da prova. 

Antes desta queda, Miguel Ángel López e Primoz Roglic também caíram. Ambos perderam tempo (1m21) e terão agora que lutar contra o prejuízo. Pouco depois, numa curva estreita, outra queda deixou em muito mal estado Jack Haig. Essa queda também afetou Tadej Pogacar, tendo cedido 26s. Muitos ciclistas perderam tempo, e tiveram de fazer uma espécie de gincana para tentar sair do meio de tanto caos. 

Quanto à geral, continua comandada por Van der Poel, seguido de Alaphilippe, a 8 segundos, Carapaz a 31 segundos e Wout Van Aert, com o mesmo tempo. Mas tudo vai mudar na quinta etapa (quarta feira), no contrarrelógio de 27,2 km de extensão

Arquivado em:

Tour: Van der Poel ganha com ataque fulminante e dedica vitória ao avô

Relacionado

Tour: Van der Poel ganha com ataque fulminante e dedica vitória ao avô

Alaphilippe ganha etapa inaugural do Tour, em dia acidentado

Relacionado

Alaphilippe ganha etapa inaugural do Tour, em dia acidentado

Volta a França 2021: etapas, datas, pontos quentes e a opinião dos especialistas

Relacionado

Volta a França 2021: etapas, datas, pontos quentes e a opinião dos especialistas

A impressionante magnitude da Volta a França 2021

Relacionado

A impressionante magnitude da Volta a França 2021

Volta a Portugal 2021: já são conhecidas as etapas

Relacionado

Volta a Portugal 2021: já são conhecidas as etapas

Os melhores videos