Rúben Guerreiro e Nelson Oliveira confirmados na Volta a França

Rúben Guerreiro e Nelson Oliveira confirmados na Volta a França

Competição

Carlos Pinto e Vasco Simões / Foto: Getty Images

A 109.ª edição da Volta a França em bicicleta começa no dia 1 de Julho. Trata-se da prova raínha do ciclismo mundial e durante 21 dias, os ciclistas vão percorrer um trajeto duro de Copenhaga até aos míticos Campos Elísios, em Paris. Os dois lusos representarão as cores nacionais.

Alaphilippe volta aos treinos após grave acidente e sonha com o Tour

Alaphilippe volta aos treinos após grave acidente e sonha com o Tour

Notícias

AGÊNCIA EFE / CICLISMO A FUNDO. FOTO: WOUT BEEL / QUICK-STEP ALPHA VINYL

"A boa notícia é que o meu pulmão está recuperado. Os ossos que parti continuam a doer-me, o que é normal, mas disseram-me que já podia começar a treinar", disse o Campeão do Mundo, que já está no estágio da sua equipa na Serra Nevada.

Giulio Ciccone ganhou emocionado a 15ª etapa do Giro

Giulio Ciccone ganhou emocionado a 15ª etapa do Giro

Competição

DAVID CASTAÑO E CARLOS PINTO|FOTOGRAFIA: LUCA BETTINI. SPRINT CYCLING AGENCY.

Depois de dois anos horríveis e de ter recuperado do Covid (embora ainda com sequelas), o italiano da Trek-Segafredo atacou na última subida do dia e ganhou em Cogne, local onde costuma treinar. Carapaz entra na última semana da Volta a Itália 2022 como líder.

Simon Yates venceu em Turim e Carapaz enverga a rosa

Simon Yates venceu em Turim e Carapaz enverga a rosa

Competição

DAVID CASTAÑO E CARLOS PINTO|FOTOGRAFIA: LUCA BETTINI. SPRINT CYCLING AGENCY.

O equatoriano é o novo líder da classificação geral da Volta a Itália 2022, após deixar para trás os restantes favoritos na segunda passagem por Superga. Simon Yates, que entrou no grupo de Carapaz, atacou e ganhou a etapa.

Arnaud Démare soma a sua terceira vitória no Giro

Arnaud Démare soma a sua terceira vitória no Giro

Competição

Fernando Belda e Carlos Pinto

Numa etapa marcada pelo abandono de Bardet, os quatro fugitivos do dia (Eenkhorn, Prodhomme, Maestri e Van den Berg) foram alcançados no último quilómetro, fazendo com que a discussão da jornada tivesse sido ao sprint. O francês da Groupama-FDJ foi o vencedor.