comitium

Técnica: Como enfrentar uma descida muito inclinada

Ficas muito nervoso quando te deparas com uma descida técnica e muito inclinada? Com um pouco de técnica, calma e confiança, passarás do medo à diversão.

Técnica: Como enfrentar uma descida muito inclinada
Técnica: Como enfrentar uma descida muito inclinada

Por vezes encontramos zonas muito inclinadas que impõem respeito. Há quem fique paralisado e não consiga descer montado e quem arrisque. Em qualquer dos casos, tudo depende da técnica e de saber ler a reação da bicicleta em diferentes situações e isso só se aprende praticando. Ao assimilares qual é o comportamento a uma determinada travagem, velocidade e inclinação, saberás reagir (movendo o corpo) em conformidade. O mesmo fazem os motociclistas e os condutores de carros de rally. As descidas verticais consistem em oscilar com a bicicleta de lado a lado ao longo da descida com o travão traseiro bloqueado. Para tal, deverás deslocar ligeiramente o corpo para trás, controlando a direção e deixando que a roda traseira da bicicleta rode com o travão bloqueado. É simples, fácil e seguro. Convém, contudo, não entrares na descida com muita velocidade, caso contrário não conseguirás controlar a bicicleta.

1 - Quando entrares na descida, convém ires devagar. Recua a posição do teu corpo, mas não em excesso, para conseguires controlar a direção e a própria bicicleta. Deixa que a bicicleta siga com o travão traseiro bloqueado.

2 - Usa o teu corpo para controlar o equilíbrio, oscilando, se necessário, e mantendo os cotovelos e joelhos ativos (funcionando como uma mola), caso seja necessário absorver alguma lomba, pedra ou raíz. Se estiveres demasiado estático, podes perder o controlo da bicicleta. Se estiveres calmo e relaxado, isso não acontecerá.

3 - Solta um pouco o travão traseiro ocasionalmente para libertar a sujidade ou lama que a roda traseira possa estar a arrastar. E quando a inclinação diminuir, volta progressivamente a uma posição mais relaxada.

4 - Nunca te esqueças de olhar em frente. Se olhares somente para as rodas ou para um obstáculo específico, não conseguirás caso te depares com outro obstáculo ou com um aumento súbito da velocidade. Muitos ficam tão focados em não bater numa determinada árvore que se esquecem de olhar em frente e acabam por cair já depois da própria descida.

5 - Pratica várias vezes até ganhares confiança suficiente. Um conselho: não abuses da velocidade. A maior parte das quedas neste tipo de descidas ocorre por entrar na descida com velocidade a mais.