comitium

A história da Shimano em 20 ideias geniais

A Shimano está a festejar o seu 100º aniversário. Selecionámos aquelas que são, para nós, as ideias mais brilhantes ao longo da história.

Miguel Lorenzo e Carlos Pinto

A história da Shimano em 20 ideias geniais
A história da Shimano em 20 ideias geniais

Desde que em 1921, na cidade de Sakai, Shozaburo Shimano fundou uma empresa familiar e desenhou a primeira roda livre, evitando assim ter de importá-la do exterior, até ao dia de hoje, a marca nipónica tem crescido exponencialmente, contando com mais de 12.000 funcionários em 51 empresas repartidas por todo o mundo. Pelo meio, a Shimano lançou inúmeros produtos no mercado realmente inovadores, como os cubos com três velocidades lançados nos anos 50, o primeiro grupo de BTT (Shimano Deore XT em 1982), os pedais automáticos SPD, as mudanças indexadas, o primeiro grupo para competição (XTR) ou os motores Shimano STEPS.

Não se pode falar da história da bicicleta ou do BTT sem falar da Shimano. Por isso, neste artigo mostramos os 20 momentos históricos que marcaram saltos tecnológicos importantes.

1922. A PRIMEIRA RODA LIVRE DA SHIMANO: 3.3.3.

20 produtos Shimano que ficarão na história
 

A Shimano Iron Works, entrou na indústria das bicicletas ao lançar este carreto com roda livre num processo de elaboração e materiais que na altura significavam um salto evolutivo gigante no Japão e que acabou por ser reconhecido internacionalmente, conseguindo o objetivo de competir com os rivais da altura, os britânicos da BSA.

1957. CUBO COM MUDANÇAS DE TRÊS VELOCIDADES

20 IDEIAS
 

Com o auge do ciclismo no Japão nos anos 50, a Shimano lançou um desviador de 3 velocidades em 1954, mas este auge durou pouco tempo e a Shimano parou a sua produção. Três anos depois, lançou uma alternativa, um sistema de mudanças integradas no cubo com três velocidades através de engrenagens internas, que foi aligeirado e melhorado em 1958.

1965. PRIMEIRO DESVIADOR EM PRODUÇÃO

20 IDEIAS 2
 

Após a primeira tentativa em 1954, a Shimano reintroduziu a produção de desviadores com um modelo com um design em paralelograma e com linhas que ainda hoje estão atuais. Nesta época, a indústria estava em metamorfose, passando dos sistemas internos para os desviadores, e dois anos mais tarde a Shimano melhorou o design através do popular Skylark, com até 5 carretos. 

1966. COMBI, 12 VELOCIDADES

20 IDEIAS 3
 

O "know-how" adquirido ao longo dos anos fez com que o passo seguinte fosse óbvio: o Combi 12. No fundo, combinava um desviador de 4 velocidades e um cubo interno com engrenagens de 3 velocidades, para gerar 12 velocidades, o que na altura foi uma melhoria significativa. Nessa altura surgiu também o primeiro esboço de um manípulo discreto e indexado em vez do sistema contínuo.

1974. POSITRON

20 IDEIAS 4
 

A ideia de definir os andamentos click a click para facilitar as comutações continuou a ser desenvolvida com o sistema Positron no qual o desviador passou a ter um papel mais preponderante. Contudo, passados alguns anos a Shimano impôs o sistema SIS (Shimano Index System).

1982. SHIMANO DEORE XT, O PRIMEIRO GRUPO DE BTT

20 IDEIAS 5
 

Em 1980 nasceu o primeiro Deore orientado para bicicletas de passeio/lazer. Nessa altura, nos arredores de São Francisco (Califórnia) o BTT começava a crescer.

2O IDEIAS 6
 

Yoshizo Shimano, na altura presidente da Shimano, reconheceu a importância do momento, lançando o primeiro grupo específico para BTT, o mítico Shimano Deore XT de 1982, desenvolvido seguindo as duras exigências indicadas pelos pioneiros do BTT. O grupo foi melhorando ano após ano.

1989. FAZ FALTA ALGO MAIS.... SURGE O LX/DEORE LX

20 IDEIAS 6
 

O BTT cresceu em todo o mundo e a Shimano deu conta de que era necessário criar novos grupos. Começou com o Exage LX na sua versão de BTT, para montagens mais acessíveis e um ano mais tarde lançou o Deore LX específico para BTT. 

1990. SHIMANO SPD, PEDAIS AUTOMÁTICOS

20 IDEIAS 7
 

Esta foi uma das invenções mais emblemáticas e a sua repercussão foi histórica. Em poucos anos, todos aqueles que procuravam melhorar o seu rendimento no BTT passaram a adotar pedais automáticos. A Shimano continua a ser a marca líder no mercado em termos de pedais automáticos.

1992. NASCEU O SHIMANO XTR

20 IDEIAS 8
 

No início dos anos 90, já com o BTT a ser regido pela UCI, a competição atingiu um crescimento impressionante e foi nessa altura que a Shimano se apercebeu de que era preciso criar mais grupos para a alta competição. Assim nasceu o XTR, o grupo para competição da Shimano, com os melhores materiais, a máxima leveza e as tecnologias de vanguarda, como o Rapidfire Plus, a evolução do Rapidfire que tinha sido estreado no Deore XT em 1989.

1993. A FAMÍLIA CRESCE

20 IDEIAS 9
 

Os praticantes de BTT aumentam em todo o mundo, e com este crescimento também se diversificam as formas de praticar BTT. Foi nesta altura que se multiplicaram as bicicletas de diferentes tipos e budget. A Shimano lançou nesta altura o Alivio e o STX em 1993, bem como o Acera-X em 1994. 

1996. V BRAKE, A TRAVAGEM INOVADORA

20 IDEIAS 10
 

A Shimano incorporou os V Brakes na sua gama, com uma primeira versão que foi um autêntico sucesso. O seu design em paralelograma permitia uma travagem melhor face ao sistema anterior. Os grupos Shimano Deore XT e XTR passam a ter um aumento considerável na potência de travagem face aos cantilevers. 

1997. AIRLINES

20 IDEIAS 11             

Aparecem os primeiros protótipos do Shimano Airlines, um grupo que transmitia as ordens de comando através de ar comprimido. A marca desenvolveu este grupo para Downhill, e chegámos a vê-lo durante alguns anos na Taça do Mundo de DH. Nessa altura já se percebia que o tradicional sistema de cabo e bicha não era a única opção disponível, tal como se confirmou anos mais tarde com a eletrónica.

2000. TRAVÕES DE DISCO

20 IDEIAS 12
 

Os primeiros travões de disco hidráulicos da Shimano para BTT ainda são lembrados pela sua potência: os Deore XT. Na sua génese tinha dois pares de pistons com diâmetro diferente. Logo nessa altura, a Shimano deu uma machadada final nos travões de aro.

2003. EIS AS RODAS SHIMANO

20 IDEIAS 13
 

A Shimano começou a incorporar rodas na sua gama. Grupos como o XTR e o Deore XT contavam já com umas rodas com denominação própria e com os standards da Shimano.

2003. NASCEU O SAINT

20 IDEIAS 14
 

Após o "boom" do BTT, a modalidade dispersou-se em diferentes vertentes. O Downhill precisava de um grupo específico, e a resposta da Shimano foi o Saint. Nos anos 2000 surgiu o Freeride e a Shimano lançou o Hone. Depois chegou a vez do Zee, para montagens mais acessíveis. 

2007. TECNOLOGIA SHADOW

20 IDEIAS 15
 

A Shimano continuou a incorporar novas tecnologias nos seus grupos, começando nas gamas superiores e posteriormente transferindo-as para as gamas mais económicas. Neste ano surgiu o conceito Shadow no desviador traseiro. Este design esconde e protege o desviador perante impactos com pedras ou raízes.

2008. SLX, O GRUPO BEST SELLER

20 IDEIAS 16
 

Herdeiro do Deore LX, a Shimano introduziu um novo grupo, o SLX, de gama média. O SLX incorpora as tecnologias mais avançadas da marca a um preço mais acessível. 

2014. SHIMANO STEPS

20 IDEIAS 17
 

Este foi um momento chave na história da marca, ao entrar em força num novo segmento, o das ebikes. O Shimano Steps inicial tinha o motor localizado na roda dianteira, com uma bateria de iões de lítio e com um sistema de travagem regenerativo, embora este grupo não tenha sido lançado no mercado. Depois, a marca desenvolveu um novo sistema alojado no quadro da bicicleta e em 2014 lançou a série E6000, a primeira das séries Shimano Steps. 

20 IDEIAS 18
 

Em 2016, as ebikes de BTT sofreram um crescimento brutal, e a Shimano respondeu prontamente, lançando a versão E8000. O desenvolvimento nunca mais parou e atualmente podemos ver o atual EP8.

2015. DI2, AS MUDANÇAS ELETRÓNICAS

20 IDEIAS 19
 

Após o surgimento em estrada do Dura Ace, chegou o primeiro grupo eletrónico de BTT, o Shimano XTR Di2. Posteriormente esta tecnologia chegou ao Deore XT.

2019 GRX. O QUE O GRAVEL NECESSITAVA

20 IDEIAS 20
 

Sempre atenta às tendências no mundo das bicicletas, a Shimano apercebeu-se do surgimento de uma nova vertente, o gravel, e por isso em 2019 preparou um grupo específico para esta modalidade, o GRX, o qual responde às exigências em termos de posicionamento das mãos, travagem múltipla, robustez e ergonomia. 

SABIAS DISTO?

Em 1968, a Shimano desenvolveu um sistema de mudanças automáticas no cubo, combinando um desviador (5 velocidades). Através da força centrífuga, o mecanismo interno selecionava duas opções de velocidade para facilitar os arranques.

20 IDEIAS 23
 

Em 1969 a Shimano desenhou o seu primeiro sistema de travões hidráulicos. Com o nome de Power Brake, a particularidade do mesmo é que com apenas uma manete a travagem era distribuída pelas duas rodas.

20 ideias 24
 

Em 1971 o primeiro Tourney foi desenvolvido para a rede JBM, com a qual os principais fabricantes japoneses se uniram com o objetivo de oferecer produtos compatíveis entre si. 

20 ideias 26
 

Em plena explosão das bicicletas para crianças, bicicletas que montavam soluções inspiradas no mundo dos automóveis desportivos, em 1971 a Shimano desenvolveu estes travões de disco mecânicos.

20 ideias 28
 

Associamos o nome Shimano Altus a componentes de BTT de gamas mais baixas, mas em 1978 o primeiro grupo Shimano com este nome era um grupo de estrada e não precisamente de gama baixa. 

20 ideias 29
 

No final dos anos 70, a Shimano colocou o seu foco na ergonomia, desenvolvendo, entre outros componentes, umas cremalheiras que não eram redondas, mas sim ovais, para aproveitar melhor o momento de força de cada zona da pedalada. O seu nome, Biopace, esteve presente nos primeiros grupos de BTT. Posteriormente passou a adotar o nome Super Pace e foi melhorado. 

20 ideias 30
 

Em 1981 a Shimano aperfeiçoou os seus sistemas de mudanças internas no cubo, procurando uma maior fiabilidade e resistência, lançando o sistema 1-2-3, e que incluía um manípulo que deu origem mais tarde ao Rapidfire. 

20 ideias 31
 

O primeiro Shimano Nexus para bicicletas urbanas recuperou em 1982 o conceito de mudanças internas no cubo. Mas desta vez com muitos anos de desenvolvimento, novos materiais e inovações tecnológicas. 

10 ideias 32
 

A origem da tecnologia Di2 que mais tarde chegou à estrada e ao BTT começou a ser explorada nos grupos para ciclismo urbano e recreativo Nexave nos anos 2000.

20 ideias 33
 

A Shimano lançou em 2009 uma edição exclusiva do seu grupo topo de gama denominado Yumeya, uma espécie de "Golden XTR". 

20 ideias 35
 

 

Arquivado em:

Surgiu um novo standard nas transmissões Shimano para eBikes: o Linkglide

Relacionado

Surgiu um novo standard nas transmissões Shimano para eBikes: o Linkglide

Pedais Shimano M8120

Relacionado

TESTE: pedais Shimano M8120

Testámos os melhores calções de sempre da Shimano

Relacionado

Testámos os melhores calções de sempre da Shimano: os Tenku

Teste: pedais Shimano PD-RS500

Relacionado

Teste: pedais Shimano PD-RS500

Teste: sapatos de gravel Shimano RX8

Relacionado

Teste: sapatos de gravel Shimano RX8

Os melhores videos