comitium

Lennard Kämna venceu na mítica etapa do vulcão Etna

O espanhol Juanpé López (Trek Segafredo) e o alemão Lennard Kämna (BORA hansgrohe) discutiram a etapa ao sprint no alto do Monte Etna. Kämna ganhou a jornada, mas López vestiu a camisola rosa de líder da prova.

Lennard Kämna venceu na mítica etapa do vulcão Etna
Lennard Kämna venceu na mítica etapa do vulcão Etna

Sete anos depois, um ciclista espanhol voltou a vestir a camisola rosa de líder da Volta a Itália. Na altura foi Alberto Contador, hoje foi o sevilhano Juan Pedro López de 24 anos, que teve astúcia e condição física para entrar na fuga decisiva do dia, discutindo a vitória com o "caça etapas" Lennard Kamna, no Monte Etna. 

O alemão da BORA-hansgrohe, um rolador de altíssimo nível, poupou forças para os metros finais e somou a sua sexta vitória como profissional. Juan Pedro López (Trek-Segafredo) foi segundo e passou a envergar a camisola rosa de líder da prova. Ele esteve envolvido numa fuga de 14 elementos que se fragmentou devido a um duro ataque a cerca de 12 km da meta, na parte mais dura da subida ao vulcão Etna. 

Nessa altura, o espanhol apanhou e ultrapassou Stefano Oldani que estava isolado em fuga. Kamna, que estava no seu encalce, deu uma sapatada na corrida e deixou para trás Mauri Vansevenant e Sylvain Moniquet, encetando um ataque que visava apanhar o espanhol, o que viria a acontecer a cerca de 2.5km da meta. 

A etapa ficou marcada por algumas quedas em que estiveram envolvidos, entre outros, Simon Yates (que teve de receber diversas vezes a assistência da viatura médica) e Miguel Ángél López, que teve de abandonar. Por sua vez, Tom Dumoulin não caiu, mas esteve em grandes dificuldades na ascensão final, descartando por completo as suas possibilidades de lutar pelo pódio. 

Quanto ao grupo dos favoritos, João Almeida chegou integrado, juntamente com Richard Carapaz, Bardet, Bilbao, Landa, Valverde, Ciccone, Arensman, Hindley, Porte, Kelderman, Hamilton, Sosa, Buitrago, Buchmann, Simon Yates e Hugh Carthy. 

Para além de Dumoulin, o dia foi desastroso para Guillaume Martin, Vincenzo Nibali e David de la Cruz. Na classificação geral, João Almeida está em 10º lugar. 

Miguel Ángel López abandonou o Giro com dores na anca

Relacionado

Miguel Ángel López abandonou o Giro com dores na anca

Top 10 principais favoritos para a Volta a Itália

Relacionado

Top-10: principais favoritos para a Volta a Itália

Volta a Itália 2022: etapas, principais candidatos e pontos altos

Relacionado

Volta a Itália 2022: etapas, principais candidatos e pontos altos

Mark Cavendish foi o mais rápido no sprint da terceira etapa do Giro

Relacionado

Mark Cavendish foi o mais rápido no sprint da terceira etapa do Giro

Os melhores videos