Van der Poel estará no Tour, mas com os olhos postos nos Jogos Olímpicos

A equipa e os patrocinadores querem que ele participe na Volta a França, mas o ciclista poderá abandonar a prova na segunda jornada de descanso para tentar ganhar a prova olímpica de XCO, que é assumidamente o seu grande objetivo do ano.
EFE / Foto: Bettini -
Van der Poel estará no Tour, mas com os olhos postos nos Jogos Olímpicos
Van der Poel estará no Tour, mas com os olhos postos nos Jogos Olímpicos

O holandês Mathieu van der Poel, campeão olímpico de ciclocrosse, vai agora concentrar-se nas provas de ciclismo (estrada), contudo já salientou que o seu objetivo principal é ganhar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio na vertente de BTT.

Van der Poel vai aprimorar a sua forma no Tour dos Emirados, com o objetivo de chegar a cem por cento ao Tour de Flandres, onde defenderá o título. Também participará na Paris-Roubaix, naquela que será a sua grande estreia.

Após as clássicas, irá focar-se no seu objetivo do ano: a prova de BTT dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Sabemos de antemão que a equipa Alpecin Fenix vai incluir o ciclista na listagem para a Volta a França, apesar dos planos do ciclista serem diferentes.

"Percebo os interesses comerciais dos nossos patrocinadores e é a equipa que me paga o salário ao final do mês. Tenho de dar o braço a torcer, além disso sou um corredor que já tem muitos privilégios. Não há muitas equipas que permitam conciliar três disciplinas com total liberdade. Não é um castigo ter de participar no Tour", explicou o campeão mundial de ciclocrosse.

Obrigado a participar no Tour, os planos de Van der Poel passam por estar na partida da prova e abandonar no segundo dia de descanso para concentrar-se na prova de BTT dos Jogos Olímpicos.

"Nas semanas antes do início da Volta a França farei principalmente BTT. Não é o ideal, mas os Jogos Olímpicos são mais importantes para mim. Normalmente consigo conciliar bastante bem as diferentes disciplinas, mas no ano passado notei que as minhas sensações em cima da BTT tinham diminuído porque estava a treinar menos nela", explicou.