Publicidade

As tuas mãos ficam dormentes enquanto andas de bicicleta? Experimenta isto

Se passados 20 ou 30 minutos de começares a andar de bicicleta as tuas mãos têm tendência para adormecer fazendo com que percas a sensibilidade, está na hora de resolveres o problema.
Yago Alcalde -
As tuas mãos ficam dormentes enquanto andas de bicicleta? Experimenta isto
As tuas mãos ficam dormentes enquanto andas de bicicleta? Experimenta isto.

O mais provável é que estejas a sobrecarregar as mãos, ou seja, o teu centro de gravidade está demasiado adiantado, fazendo com que uma percentagem demasiado elevada do teu peso corporal recaia sobre as tuas mãos. Para reduzir esse efeito, podes fazer o seguinte: 

Recuar e baixar ligeiramente o selim.

Subir a a posição das mãos. 

Podes medir a diferença de altura que existe entre o selim e o guiador. Para tal, o mais simples é medir desde o punho até ao solo e depois do centro do selim até ao solo. Depois vê a diferença que existe entre essas duas distâncias. Estes valores servem de referência aproximada: 

Se medes menos de 170 cm, o guiador deve estar ao mesmo nível do selim ou ligeiramente acima (20-30 mm). 

Se medes entre 170 e 180 cm, o guiador deve estar ao nível do selim ou 20-30 mm abaixo. 

Se medes mais de 180 cm, o guiador deve estar entre 40-50 mm abaixo do selim. 

Recuar o selim sobr os carris é uma operação simples e que produz efeitos. Deves fazer com que entre 60 a 65% do teu peso esteja em cima do selim e 35 a 40% sobre as mãos. 

Podes experimentar o seguinte: 

Coloca a bicicleta nivelada em cima de um rolo de treino e enquanto dás aos pedais, sem levantar o tronco, experimenta soltar as mãos do guiador. Se não aguentas mais de 3 ou 4 segundos e cais para a frente precisas de recuar o selim mais um pouco. Se não tens um rolo de treino, podes fazer esta experiência em andamento, mas é um pouco arriscado se não te sabes equilibrar convenientemente.

Subir o guiador é fácil, basta fazer os seguintes ajustes: acrescenta espaçadores entre o avanço e o quadro; coloca um avanço mais curto e com mais inclinação positiva e opta por um guiador sobreelevado. Usar extensores de guiador (mais conhecidos como "cornos") pode ajudar pois facilita a alteração da posição das mãos. Para além disso, usar umas boas luvas também faz milagres...

 

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para facilitar e melhorar a navegação, mostrar conteúdo relacionado às suas preferências e coletar informações estatísticas. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. Mais informação.