Sentes frio a andar de bicicleta? A partir de agora isso acabou...

Por mais frio que esteja, com os tecidos disponíveis na atualidade só apanha frio quem quer.
Revista BIKE -
Sentes frio a andar de bicicleta? A partir de agora isso acabou...
Sentes frio a andar de bicicleta? A partir de agora isso acabou...

1. Se vestires roupa a mais isso pode ser prejudicial, retendo o suor em demasia e fazendo com que fiques gelado (um bom presságio para constipações).

2. As extremidades do nosso corpo (mãos e pés) são as zonas mais débeis, por isso é importante mantê-las quentes.

3. Usa luvas de cano alto (mais compridas na zona do pulso) e convém sempre que o tecido na zona do pulso esteja sempre por cima do existente no casaco, assim não entrará frio.

4. Leva sempre um impermeável resistente (não compres um barato de qualidade duvidosa na internet pois esses rasgam-se com facilidade), sobretudo se o dia estiver instável. Não há nada pior do que num dia frio apanharmos chuva ou um nevão sem estarmos devidamente protegidos. Coloca-o bem dobrado num dos bolsos do casaco.

5. Uma película fina de óleo corporal assegura um isolamento ótimo, além de certificar que as mãos não ficam gretadas do frio. É um truque que muitos profissionais usam no inverno.

6. Opta, em tempo frio, por bidões térmicos. Coloca café ou chá quente - mas não a ferver - pois são um forte aliado contra o tempo frio.

7. Se há grandes probabilidades de chover, leva guarda-lamas. Verás que não te irás arrepender.

8. Se costumas ter frio na cabeça, leva um boné de ciclismo ou um buff de licra debaixo do capacete.

9. Uma boa camisola térmica é a nossa melhor aliada para manter a temperatura.

10. Tenta não parar a meio da volta para não permitir que o suor esfrie o teu organismo. E nem penses em retirar o casaco.

11. As camisolas interiores e meias de lã Merino são dos melhores produtos que podes comprar. Estão aprovadas pela equipa de ensaios das revistas portuguesas BIKE e Ciclismo a fundo.

12. Se és daquelas pessoas que não gosta de usar capas para os sapatos ou não quer comprar esta peça de vestuário, mas mesmo assim quer ter os pés quentes, existe um método caseiro que funciona muito bem: embrulha os pés em papel de alumínio antes de calçares as meias e verás que passados alguns minutos estes estarão mais quentes.

13. No inverno, a chuva e o gelo podem tornar a superfície muito escorregadia, por isso adota uma condução mais preventiva, antecipando a travagem e não correndo riscos nas zonas mais técnicas, como pedras, raízes e mesmo no asfalto ou em superfícies - como passeios - sem materiais abrasivos.

14. Lembra-te de que nesta altura do ano os dias são curtos e por vezes a nebulosidade escurece ainda mais as florestas, não deixando expostos alguns perigos. Leva luzes (pelo menos uma frontal, uma traseira e ainda outra no capacete). Além do mais, as florestas, tendencialmente frescas todo o ano, ficam ainda mais frias no inverno, portanto assegura-te de que levas roupa de qualidade.

15. Dizemos isto há muitos anos aos nossos leitores: é preferível ter poucas peças de vestuário, mas de muito boa qualidade, do que muitas peças, mas de má qualidade. Se tiveres dúvidas de quais as melhores peças, vai lendo os nossos testes na revista BIKE, na Ciclismo a fundo, na eBIKE e ainda aqui no site www.mountainbikes.pt.