Polícia francesa esteve no quarto de Nairo Quintana durante o Tour

A investigação não tem nada a ver com doping, mas as autoridades não quiseram especificar qual foi o motivo.
Agência EFE -
Polícia francesa esteve no quarto de Nairo Quintana durante o Tour
Polícia francesa esteve no quarto de Nairo Quintana durante o Tour

As autoridades francesas estiveram num dos quartos onde o colombiano pernoitou durante a Volta a França. Aliás, o alvo não foi somente Nairo, mas também outros compatriotas seus na Arkéa-Samsic, fruto de uma investigação sem vínculo com as autoridades antidopagem.

Segundo a imprensa francesa, a visita das autoridades aconteceu na passada quarta feira no hotel de Megeve, nos Alpes, de madrugada.

Os agentes da brigada de luta contra delitos do meio ambiente e saúde pública chegaram ao hotel com um mandato judicial e visitaram o quarto de Quintana, do seu irmão Dayer e de Winner Anacona, além dos quartos dos massagistas e ainda alguns veículos, segundo o semanário "Le Journal du Dimanche".

Não é a primeira vez que esta brigada investiga ciclistas e staff da Volta a França, embora as suas investigações nunca resultaram - até ao momento - em acusações criminais.

Lembramos que em 2017 abriram uma investigação para determinar se havia motores nas bicicletas de alguns ciclistas, mas essa investigação foi entretanto encerrada por falta de provas. Em 2019 a equipa Deceuninck também foi investigada, mas essa investigação acabou por ser arquivada.

Na revista Ciclismo a fundo nº6, atualmente nas bancas, podes ler uma entrevista exclusiva a Nairo Quintana. Nesta mesma edição, analisamos a nova geração de ciclistas, entre os quais se destaca Tadej Pogacar, que acabou de ganhar a Volta a França.

Polícia francesa esteve no quarto de Nairo Quintana durante o Tour