Experimenta isto se as tuas mãos ficam dormentes enquanto andas de bicicleta

Se quando levas 20 ou 30 minutos a andar de bicicleta e as tuas mãos começam a ficar dormentes, provavelmente precisas de fazer algumas alterações na tua bicicleta.
Revista BIKE -
Experimenta isto se as tuas mãos ficam dormentes enquanto andas de bicicleta
Experimenta isto se as tuas mãos ficam dormentes enquanto andas de bicicleta

O mais provável é que estejas a sobrecarregar demasiado o peso nas mãos, ou seja, que o teu centro de gravidade esteja demasiado adiantado. Para reduzir esta percentagem de peso corporal na parte frontal, podes fazer duas coisas:

1. Recuar e baixar ligeiramente o selim.
2. Subir a posição das mãos (quer colocando espaçadores debaixo do avanço - se tal for possível -, quer optando por um avanço com desnível positivo).

Podes medir a diferença de altura que há entre o selim e o guiador. Para tal, o mais simples é medir desde o punho até ao solo e desde o centro do selim até ao solo. Depois vê a diferença que há entre eles. Estes valores servem de referência: 

- Se medes menos de 170 cm, o guiador deve estar ao mesmo nível que o selim ou ligeiramente acima (20-30 mm). 

- Se medes entre 170 e 180 cm, o guiador deve estar ao mesmo nível do selim ou então 20-30 mm abaixo.

- Se medes mais de 180 cm, o guiador não deve estar mais de 40-50 mm abaixo do selim. 

Recuar o selim (carris) é fácil de fazer e traz bastantes benefícios. Deves conseguir que 60-65% do teu peso recaia no selim, e os 35-40% restantes nas mãos.

O mais provável é que estejas a sobrecarregar demasiado o peso nas mãos

 

EXPERIMENTA O SEGUINTE

Coloca a bicicleta nivelada num rolo (por exemplo) e enquanto pedalas, sem levantar o tronco, experimenta soltar as mãos do guiador. Se não aguentares mais de 3 ou 4 segundos e descaíres para a frente é porque necessitas recuar o selim um pouco mais. Se não tiveres um rolo podes experimentar fazer isto em andamento, mas é um pouco arriscado se não tiveres experiência. Subir o guiador é fácil, basta fazer os seguintes ajustes: acrescenta espaçadores entre o avanço e o quadro, colocando um avanço com mais inclinação positiva e mais curto. Podes também colocar um guiador sobreelevado. Usar extensores de guiador (ou "cornos", como chamamos cá em Portugal) pode ajudar a mudar a posição das mãos. E, claro, umas boas luvas...