comitium

10 razões pelas quais os desportistas deveriam comer um abacate por dia

Não faltam motivos para o abacate passar a fazer parte fundamental da nossa dieta.

10 razões pelas quais os desportistas deveriam comer um abacate por dia
10 razões pelas quais os desportistas deveriam comer um abacate por dia

1. O abacate é a fruta com mais proteínas. 

100 gramas de abacate contêm 2 gramas de proteína (4% da quantidade diária recomendada). 

2. É rico em ácido oleico.

A maioria da gordura no abacate é ácido oleico, tal como no azeite. É um ácido gordo monoinsaturado com efeito cardioprotetor, anti-inflamatório e cujo consumo também está relacionado com a prevenção de tumores. O tipo de gorduras do abacate é bastante resistente à oxidação induzida pelo calor, o que faz com que o óleo do abacate seja uma opção saudável e segura para cozinhar a altas temperaturas, embora o seu preço seja um pouco elevado. 

3. Não engorda

Um estudo publicado pela Universidade californiana de Loma Linda provou isso mesmo. O estudo demonstra que o abacate reduz em 40% o desejo de petiscar durante as três horas seguintes a ser consumido. Devemos ter em conta que, em traços gerais, as gorduras são aquilo que mais retarda o surgimento da sensação de fome. Outros pontos a ter em conta para mudar a nossa opinião sobre o papel que a gordura pode chegar a ter é que, junto com a proteína, tem a capacidade de não ativar a insulina, pelo que evitamos as perigosas quedas dos níveis de açúcar, que estimulam o apetite, tal como acontece com os hidratos de carbono. Além disso, a sua digestão é lenta, outro fator que faz com que o nosso corpo retarde o processo de "pedir mais comida".

4. Tem uma alta taxa de antioxidantes

O abacate também contém outros fitonutrientes, ou compostos vegetais com benefícios para a saúde como a luteína e a zeaxantina, importantes para a saúde ocular que podem reduzir o risco de doenças oculares relacionadas com a idade. Além disso, também contém antioxidantes Persenonas A e B, ou seja, substâncias antioxidantes com possíveis efeitos protetores contra a inflamação e o cancro. 

5. Um manancial de vitaminas. Por cada 100 gramas obtemos:

  • 2,1 mg de vitamina E (10% da DDR)
  • 10 mg de vitamina C (17% da DDR)
  • 0,1 mg de vitamina B2 (8% da DDR)
  • 1,7 mg de vitamina B3 (9% da DDR)
  • 1,4 mg de vitamina B5 (14% da DDR)
  • 0.3 mg de vitamina B6 (13% da DDR)
  • 81 mcg de ácido fólico (20% da DDR)
  • 21 mcg de vitamina K (26% da DDR)

A elevada quantidade de gordura saudável dos abacates facilita a absorção das vitaminas liposolúveis K, A, D e E e alguns antioxidantes como os carotenóides. 

6. Uma mina de minerais.

Quanto aos minerais, 100 gramas de abacate contêm:

  • 29 mg de magnésio (7% da DDR)
  • 52 mg de fósforo (5% da DDR)
  • 485 mg de potássio (14% da DDR)
  • 0,2 mg de cobre (9% da DDR)
  • 0,1 mg de manganês (7% da DDR)

Contém cerca de 40-60% mais potássio do que a banana.

Proporciona 485 mg de potássio por 100 gramas (14% da DDR). Para os desportistas é excelente!

7. Tem 0% de colesterol!

Equilibra os níveis de triglicéridos e de colesterol, elevando o HDL e reduzindo o LDL. 

8. Tem 0% de gorduras trans.

9. Proporciona até 7 gramas de fibra por cada 100 gramas. 

10. Protege o nosso coração.

O benefício mais conhecido do abacate é o seu efeito protetor para o coração, e embora seja um alimento rico em gorduras, estas são saudáveis para o coração e ajudam a equilibrar o colesterol e os triglicéridos no sangue, reduzindo os marcadores de inflamação e a pressão arterial, tudo aquilo que conduz a um menor risco de doenças cardiovasculares. O abacate tem muitos mais efeitos positivos na nossa saúde: ajuda a digestão, cuida do fígado, melhora a visão, é um anti-inflamatório natural e ajuda no combate à artrite.

POR CADA 100 GRAMAS:

  • 0,0 g de colesterol
  • 2,1 g (11% da DDR) de ácidos gordos saturados
  • 0,0 g de gorduras trans
  • 9,8 g de ácidos gordos monoinsaturados
  • 2 g de ácidos gordos poliinsaturados
  • 110 mg de ácidos gordos omega-3
  • 1.689 mg de ácidos gordos omega-6

Arquivado em:

Alimentos naturais que se podem comer durante a prática de ciclismo ou BTT

Relacionado

Alimentos naturais que se podem comer durante a prática de ciclismo ou BTT

Os alimentos imprescindíveis numa dieta equilibrada

Relacionado

Os alimentos imprescindíveis numa dieta equilibrada

A alimentação como fator fundamental na recuperação após o treino

Relacionado

A alimentação como fator fundamental na recuperação após o treino

6 conselhos de alimentação no Verão para ciclistas

Relacionado

6 conselhos de alimentação no Verão para ciclistas

Os melhores videos