comitium

Depois do enfarte, carreira de Colbrelli pode ter chegado ao fim

O ciclista italiano está a recuperar bem do ataque cardíaco sofrido durante a Volta à Catalunha, mas encontra-se agora num dilema, dado que os médicos italianos recusam atribuir-lhe uma licença devido ao desfribilador interno colocado debaixo da clavícula.

Depois do enfarte, carreira de Colbrelli pode ter chegado ao fim
Depois do enfarte, carreira de Colbrelli pode ter chegado ao fim

O ciclista italiano Sonny Colbrelli deu uma extensa entrevista ao jornal La Gazzetta dello Sport onde abordou a sua situação atual após o ataque cardíaco que sofreu durante a passada Volta à Catalunha. Nesta entrevista, o corredor da Bahrain-Victorious diz que agora se sente "feliz, com a minha família e filho, aproveitando cada segundo da minha vida".

Quanto ao ataque cardíaco sofrido após a primeira etapa da Volta à Catalunha, Colbrelli afirma que "quando acordei no hospital, tentei aperceber-me do que tinha acontecido. No início foi difícil acreditar e aceitar. Porquê a mim? O que é que eu fiz para mececer isto? São perguntas impossíveis de responder".

Quanto ao seu futuro, o vencedor da Paris-Roubaix de 2021, referiu o seguinte na entrevista: "Li muitas coisas acerca da minha situação, mas nem eu sei qual será o meu futuro. Estou no início da minha nova vida. Chegará a altura em que terei de pensar nas coisas e tomar algumas decisões importantes".

Quando esteve internado nos cuidados intensivos, foi-lhe implantado um desfribilador interno debaixo da clavícula que, na prática, irá reiniciar o seu coração caso sofra outra paragem cardíaca. O "inconveniente" desta situação é que os médicos desportivos italianos recusam emitir licenças a qualquer atleta equipado com um dispositivo destes, portanto a carreira desportiva de Colbrelli como ciclista poderá ter chegado ao fim. 

O italiano diz que está a aproveitar esta segunda oportunidade que a vida lhe deu e salientou ainda que "todos sabemos que a vida é temporária. Nunca pensamos nisso, especialmente quando as nossas vidas são feitas a correr". 

Colbrelli fez ainda questão de agradecer a ajuda que teve do staff médico, da família e da equipa Bahrain-Victorious. "Ajudaram-me muito a ver o outro lado da vida, que é muito melhor simplesmente porque estou vivo". 

Arquivado em:

Colbrelli está estável após sofrer paragem cardiorespiratória

Relacionado

Colbrelli está estável após sofrer paragem cardiorespiratória

Sonny Colbrelli levado de urgência para um hospital com problemas cardíacos

Relacionado

Sonny Colbrelli levado de urgência para um hospital com problemas cardíacos

Morte súbita e desporto

Relacionado

Morte súbita e desporto. Devemos ter receio?

Romain Sicard abandonou o ciclismo profissional devido a um problema cardíaco

Relacionado

Romain Sicard abandona o ciclismo devido a um problema cardíaco

Nicolas Portal, diretor da Team Ineos, faleceu aos 40 anos de ataque cardíaco

Relacionado

Nicolas Portal, diretor da Team Ineos, faleceu aos 40 anos de ataque cardíaco

Problema cardíaco detetado a Vasil Kiryienka

Relacionado

Problema cardíaco detetado a Vasil Kiryienka

Nossos destaques