O que fazer quando chega o "homem da marreta"?

Muitos dizem que não te tornarás um verdadeiro biker se nunca levaste uma valente "marretada", ou seja, uma quebra física e anímica expontânea. Mas na verdade, todos queremos saber o que fazer quando acontecer...
Carlos Pinto
O que fazer quando chega o "homem da marreta"?
O que fazer quando chega o "homem da marreta"?

Se sentes que estás a ficar fraco convém baixar o ritmo. Tens de ter a noção de que se o teu organismo entra em sobrecarga e o "homem da marreta" surgir, para além de comer e beber é recomendável baixares o ritmo de andamento e mentalizar que esse mau estar é momentâneo. Como os feitos fisiológicos são desagradáveis e o corpo está de certo modo a fazer um reset, tens de dar algum tempo até a tua comida e bebida que acabaste de ingerir façam efeito. Para além disso, e este ponto é muito importante, não te deixes levar pela euforia quando as forças voltarem.

E SE EU ESTIVER LITERALMENTE K.O.?

Se já estás mal disposto, fraco e desanimado, sintomas típicos daquilo a que na gíria do BTT chamamos "levar com o homem da marreta", não desesperes. De facto, é muito desagradável, sentimos uma indisposição tremenda e até parece que deixamos ouvir (pois é comum aparecer um zumbido nos nossos ouvidos, como uma espécie de sinal de alerta do nosso organismo). Desde que tenhas comida e bebida e também desde que descanses um pouco não tens nada a temer e garantidamente conseguirás chegar a casa sem ter de chamar ajuda. O nosso organismo tem uma capacidade de recuperação incrível e pode passar de um estado anímico e físico débil, para um momento de forma incrível numa questão de horas. E em regra as primeiras "marretadas" são as piores, pois o nosso corpo e a nossa mente habituam-se.

Em suma, se tiveres sempre comida e bebida, mesmo que leves com o "homem da marreta" resolverás o problema num instante.