Fazer rolo em casa VS sair com a bicicleta. Em qual das opções treinamos mais?

Esta pergunta faz todo o sentido. Neste artigo mostramos os prós e contras de cada treino.
Carlos Pinto
Fazer rolo em casa VS sair com a bicicleta. Em qual das opções treinamos mais?
Fazer rolo em casa VS sair com a bicicleta. Em qual das opções treinamos mais?

Em regra, poucos valorizam o verdadeiro poder de uma sessão de rolos bem feita. Atualmente, com as inúmeras tarefas que temos no dia a dia, poucos são aqueles que têm tempo durante a semana para uma volta de bicicleta no exterior. O facto de a duração do treino nos rolos ser menor, faz-nos ficar com dúvidas sobre a sua validade. Se esse é o teu caso, desde já te dizemos que uma sessão de treino nos rolos pode até chegar a ser mais eficiente do que se saires de casa para pedalar no exterior.

UMA DÚVIDA ÓBVIA

Certamente já tiveste esta dúvida: a quanto tempo equivale, por exemplo, uma hora de rolos?

Seria muito fácil fazer esta comparação. Bastava colocar a bicicleta no carro, conduzir às imediações da cidade e pedalar num lugar completamente plano para que a pedalada seja constante e sem interrupções. Mas isso parece-nos algo utópico e não se assemelha minimamente com a realidade.

Vamos supor que de segunda a sexta tens duas horas para treinar, três dias por semana. Desde que apoias os pneus na estrada, tens de começar a descontar a distância que tens desde a tua casa até realmente começares a pedalar, bem como os semáforos que fores encontrando no caminho, nos quais tens de parar, rotundas onde terás de reduzir a velocidade, etc. Soma esse tempo perdido e quando tiveres o resultado, multiplica por dois. Porquê? Terás de voltar a casa, certo? Fazer rolo em casa VS sair com a bicicleta. Em qual das opções treinamos mais?

Afinal de contas, quanto tempo pedalaste realmente nessas duas horas? Por outro lado, quando te sentas na bicicleta montada no rolo e começas a pedalar, todo o tempo é aproveitado. Com isto não queremos dizer que se tens duas horas deves ficar em casa a treinar nos rolos. Embora cada caso seja específico, haverá sempre alguém que conseguirá fazer um treino no exterior igual ou melhor do que no rolo. Com isto queremos animar todos aqueles que não podem sair para o exterior, pois fazer rolos é um excelente treino.

Uma maneira muito clara de ver a diferença seria fazer um teste com um medidor de potência, comparando o trabalho realizado nas duas situações diferentes.