comitium

Entregues 10 títulos de campeão nacional de fundo master em A-do-Barbas

Depois de ontem se ter disputado a prova de contrarrelógio nos Campeonatos Nacionais de Masters, em A-do-Barbas, hoje foi dia de conhecer os campeões nacionais de fundo.

Ana Nunes (FPC)

Entregues 10 títulos de campeão nacional de fundo master em A do Barbas
Entregues 10 títulos de campeão nacional de fundo master em A do Barbas

O título de elite amador na prova de fundo disputada durante o dia de hoje foi para João Letras (Grupo Parapedra/Dinazoo/Riomagic/CRP), que completou o percurso em 3h54m54s. André Filipe (C.P.R. A-do-Barbas/AKIplast/PVS), que tinha vencido ontem o contrarrelógio individual foi hoje segundo e Pedro Rebelo (Individual) terminou a prova no terceiro lugar.

Em masters 30-34 foi José Oliveira (MonçãoBike/LusoPrint/Bombos S.Sebastião) a vencer, seguido de Fábio Oliveira (Individual) a 23 segundos e Diogo Pereira (A.R. Batalhense) a 36 segundos.

Já na categoria de masters 35 foi Bruno Saraiva (C.P.R. A-do-Barbas/AKIplast/PVS) a conquistar a vitória, na frente de Hélder Azevedo (Cadao/Soutense/Rematelaborado), que fechou logo atrás, a apenas um segundo. Leandro Coelho (Cadao/Soutense/Rematelaborado) foi terceiro, a 10 segundos.

Nuno Inácio (BTTGardunha/Fundão/Create) foi o campeão de masters 40-44, batendo Paulo Simões (Grupo Parapedra/Dinazoo/Riomagic/CRP) e João Mariano (Viveiros Vítor Lourenço/Sintra C.Ciclismo) ao sprint.

Em masters 45 foi Paulo Oliveira (C.P.R. A-do-Barbas/AKIplast/PVS) a vencer, na frente de António Faísco (UCA/União Ciclismo do Alentejo/Terralem) e Élio Silva (Cadao/Soutense/Rematelaborado), ambos a oito segundos.

Alberto Amaral (Discover Melgaço/União Ciclista de Melgaço e Ponte da Barca) sagrou-se campeão nacional de masters 50-54, batendo Vasco Gomes (Olivtec/Golden Project/3Via/Dot Work) ao sprint. Carlos Matos (Vertentability/CRG) fechou em terceiro, a oito segundos.

Em masters 55, José Afonso (Cadao/Soutense/Rematelaborado) foi o vencedor, na frente de Vítor Lourenço (Viveiros Vítor Lourenço/Sintra C. Ciclismo) e Reinaldo Luís (Róódinhas/Master Vantagem), que fecharam em segundo e terceiro, respetivamente.

José Ferreira (CTM/Vila Pouca/CEPSA Casa Lima Chaves) foi o campeão de masters 60-64, na frente de Joaquim Pinto (Silva&Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel), que terminou a 4m08s, e Adelino Cruz (BTT Loulé/Elevis), a 6m38s.

Na categoria de masters 65 Manuel Pinto (SEARTEX Portugal/Edaetech) foi quem se sagrou vencedor, com Vítor Graça (Ciclismo 20kms Almeirim/Restaurante O Forno) a terminar na segunda posição, a 4m50s, e Carlos Pereira (24horas Altimetria/ONTrack) em terceiro, a 5m27s

Já na categoria +70, o título nacional de fundo foi para Manuel Domingos (Vertentability/CRG). Manuel Pontes (Póvoa Cycling Academy/CDC Navais) terminou em segundo lugar, a 7m37s, na frente de Vitorino Pereira (Grupo Parapedra/Dinazoo/Riomagic/CRP), a 8m08s.

Arquivado em:

Coroados dez campeões masters de contrarrelógio

Relacionado

Coroados dez campeões masters de contrarrelógio

Calendário nacional de estrada 2022

Relacionado

Calendário nacional de estrada 2022

Nove títulos de campeão nacional de masters entregues neste domingo

Relacionado

Nove títulos de campeão nacional de masters entregues neste domingo

Edição nº9 da revista CICLISMO A FUNDO já disponível

Relacionado

Edição nº9 da revista CICLISMO A FUNDO já disponível

Nossos destaques