Volta a Itália: Ganna ganha contrarrelógio e Almeida aumenta a sua liderança

O italiano somou a sua terceira etapa na corrente edição do Giro. Mas quem tem dado que falar é o luso João Almeida, que além de manter a camisola rosa, aumentou a vantagem para os seus rivais, na véspera de entrar na semana decisiva da prova.
Carlos Pinto / Foto: Bettini -
Volta a Itália: Ganna ganha contrarrelógio e Almeida aumenta a sua liderança
Volta a Itália: Ganna ganha contrarrelógio e Almeida aumenta a sua liderança

O italiano Filippo Ganna (Ineos Grenadiers) venceu com autoridade este sábado o contrarrelógio correspondente à 14ª etapa da Volta a Itália, uma jornada de 34,1 km entre Conegliano e Valdobbiadene, na qual João Almeida (Deceuninck-Quickstep) foi sexto e reforçou a liderança da prova.

Ganna, atual campeão do mundo de contrarrelógio e vencedor do crono inaugural bem como da quinta etapa, esteve fortíssimo e fez o trajeto em 42 minutos e 40 segundos, ou seja, 26 segundos mais rápido que o seu colega de equipa Rohan Dennis. Em terceiro lugar ficou - surpreendemente, diga-se de passagem - Brandon McNulty (UAE Emirates), que sobe à quarta posição da geral.

Na classificação geral, João Almeida mantém a camisola rosa de líder, tendo agora 56 segundos de vantagem sobre o holandês Wilco Kelderman (Sunweb), segundo, e 2m11s sobre o espanhol Pello Bilbao (Bahrain McLaren), em terceiro.

Volta a Itália: Ganna ganha contrarrelógio e Almeida aumenta a sua liderança

Amanhã será mais um dia decisivo, com uma nova chegada em alto, mais concretamente em Piancavallo, após 185 km em que os ciclistas terão pela frente três subidas de segunda categoria (Sella Chianzutan, Force di Monte Rest e Forcella di Pala Barzana).

CLASSIFICAÇÃO GERAL

Volta a Itália: Ganna ganha contrarrelógio e Almeida aumenta a sua liderança