Egan Bernal apologista de se adiar os Jogos Olímpicos de Tóquio

O vencedor do Tour de 2019 acha que o evento olímpico deveria ser adiado para 2021 devido à situação generalizada da pandemia da Covid-19.
BIKE -
Egan Bernal apologista de se adiar os Jogos Olímpicos de Tóquio
Egan Bernal apologista de se adiar os Jogos Olímpicos de Tóquio

O colombiano Egan Bernal (Team Ineos), vencedor do Tour em 2019 mostrou-se apologista do adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio devido à doença generalizada provocada pelo coronavírus. Enquanto o Comité Olímpico Internacional não toma uma decisão definitiva, alguns desportistas que cumprem quarentena domiciliária pronunciam-se a respeito do evento olímpico que estava previsto ser realizado entre 24 de Julho e 9 de Agosto.

Egan Bernal tem as ideias claras sobre o futuro do evento olímpico: “de momento, dada a situação global criada pelo coronavirus, acho que os Jogos Olímpicos não se deveriam realizar nas datas planeadas e deviam ser adiados para 2021”, disse Bernal ao jornal LÉquipe.

O colombiano divulgou a mensagem de “permanecer em casa por causa do coronavirus pois esta ameaça é muito mais importante que o Tour de França ou os Jogos Olímpicos”. Bernal esta temporada apenas correu oito dias no Tour da Colômbia e nos nacionais do seu país. O seu grande objectivo é renovar o título no Tour, mas o ciclista deverá repensar o seu calendário se esta crise viral continuar.

O ciclista da Ineos fez os testes ao coronavirus como qualquer pessoa que regressou ao país vinda do estrangeiro, e segundo as regras do governo, deve cumprir um isolamento de 14 dias. Bernal deu negativo a este teste a que foi submetido e treina em casa para não perder a forma ao mesmo tempo que impulsiona uma iniciativa do Ministério do Desporto chamada “Treino em casa”.