comitium

W52-FC Porto vai deixar de ter equipa e a aposta será na formação

Adriano Quintanilha, manager da equipa W52-FC Porto, referiu ao Jornal Record que vai abandonar o ciclismo profissional e criar uma escola de ciclismo.

W52 FC Porto vai deixar de ter equipa e a aposta será na formação
W52 FC Porto vai deixar de ter equipa e a aposta será na formação

Ao que tudo indica, a equipa profissional de ciclismo W52-FC Porto não terá continuidade. Segundo Adriano Quintanilha em declarações ao Jornal Record, "Neste momento não estamos virados para o ciclismo profissional", embora estejam a ser pagos na íntegra os salários aos ciclistas e aos elementos do staff.

O empresário assegurou que a nova aposta vai ser na formação e para tal vai criar uma escola de ciclismo em parceria com o Futebol Clube do Porto. Quintanilha tem uma premissa: "Queremos um ciclismo limpo e começar com jovens e educá-los desde o princípio. Foi assim que o meu pai me ensinou. Quero ser um mentor, ter uma escola de ciclismo".

Após a suspensão da licença por parte da União Ciclista Internacional, a equipa W52-FC Porto não pode competir e não existem mais desenvolvimentos. Isso mesmo foi assegurado pelo patrão da W52: "O que sei é o que a comunicação social diz."

Arquivado em:

UCI retira licença à W52 FC Porto

Relacionado

UCI retira licença à W52-FC Porto

Ciclistas da W52 FC Porto suspensos pela ADOP

Relacionado

Ciclistas da W52-FC Porto suspensos pela ADOP

Nuno Ribeiro detido pela Polícia Judiciária

Relacionado

Nuno Ribeiro detido pela Polícia Judiciária

Edição nº9 da revista CICLISMO A FUNDO já disponível

Relacionado

Edição nº9 da revista CICLISMO A FUNDO já disponível

Nossos destaques