comitium

(VÍDEO) O truque de Mohoric para ganhar a Milão-Sanremo

A cerca de 4 km para a meta, o esloveno foi buscar forças onde nem ele sabia que as tinha e atacou, usando um método mais do que estudado.

Revista Ciclismo a fundo

(VÍDEO) O truque de Mohoric para ganhar a Milão-Sanremo
(VÍDEO) O truque de Mohoric para ganhar a Milão-Sanremo

Matej Mohoric tinha um plano cuidadosamente estudado para ganhar a Milão-Sanremo, e conseguiu cumpri-lo na perfeição. 

Tudo começou na descida do Poggio (Mohoric veio do BTT e por isso mesmo é dos ciclistas com mais técnica do pelotão internacional). Numa altura em que os ataques de Pogacar na subida (antes da descida final) não conseguiram fazer diferenças, Mohoric tomou a iniciativa e atacou. Saiu disparado na descida, ganhando uma vantagem inalcançável. 

Nesses primeiros metros da fuga (podemos ver isso no vídeo), é visível a sua técnica apurada. Depois de a sua bicicleta ter entrado numa valeta conseguiu saltar e voltar a entrar no asfalto. Se não o tivesse feito naquele segundo, provavelmente caía. Este sangue frio e técnica foram sem dúvida alguma um dos principais motivos da sua vitória. 

Para além da sua técnica apurada, o principal truque usado por Mohoric foi a utilização de um espigão de selim telescópico. "Passei todo o Inverno a pensar nesta prova. A equipa teve a ideia de usar um espigão telescópico porque nesta prova tenho hipóteses de ganhar na descida final. Sabia que se treinasse adequadamente e se estivesse em muito boa forma de modo a aguentar o Poggio, teria a oportunidade de dar tudo o que tenho na descida e arriscar um pouco", explicou o esloveno. 

Normalmente, Mohoric usa a bicicleta de estrada aerodinâmica da Merida, a Reacto, com um espigão aerodinâmico. Contudo, este sábado competiu com a Scultura (que leva um espigão redondo), o que permitiu que os mecânicos da equipa montassem um telescópico. 

Convém lembrar que os espigões telescópicos são usados quase exclusivamente nas bicicletas de BTT (e agora também nas de gravel). Ao usar estes espigões, os ciclistas consegem baixar o selim, bastando para tal pressionar um botão. Isto permite baixar o centro de gravidade e mudar de posição em terrenos mais inclinados e técnicos. 

 
 

 

Arquivado em:

Calendário nacional de estrada 2022

Relacionado

Calendário nacional de estrada 2022

UCI expulsa a Rússia e a Bielorrússia do calendário UCI e todas as suas equipas

Relacionado

UCI expulsa a Rússia e a Bielorrússia do calendário UCI e todas as suas equipas

Pogacar continua a liderar o ranking UCI, João Almeida é 11º

Relacionado

Pogacar continua a liderar o ranking UCI, João Almeida é 11º

[VIDEO] Os "momentos chave" da vitória de Pogacar na Strade-Bianche

Relacionado

[VIDEO] Os "momentos chave" da vitória de Pogacar na Strade-Bianche

Nossos destaques