comitium

[VÍDEO] Queres ver como é que se fabrica uma das melhores bicicletas de carbono do mundo?

Fabricar um quadro de carbono é um processo moroso, criterioso e que requer mão de obra qualificada. Neste vídeo, a marca TIME mostra como é que se produz uma das melhores bicicletas de carbono do mundo.

[VÍDEO] Queres ver como é que se fabrica uma das melhores bicicletas de carbono do mundo?
[VÍDEO] Queres ver como é que se fabrica uma das melhores bicicletas de carbono do mundo?

A TIME Bicycles lançou um vídeo denominado "Perfection in Every Strand" (a perfeição em cada filamento), onde mostra o processo envolvido na produção de uma das melhores bicicletas de carbono do mundo. 

A TIME utiliza duas tecnologias únicas na criação dos seus quadros, adotando estruturas de carbono em forma de trança: por um lado, a tecelagem da fibra de carbono é feita com fibras secas e a moldagem é feita por transferência de resina (RTM). O objetivo é, obviamente, que a fixação das fibras resulte num quadro leve e resistente. 

Durante décadas, a TIME produziu algumas das melhores bicicletas de carbono do mundo, adotando processos únicos na indústria, que estão em constante refinamento para garantir a máxima perfeição em cada filamento. 

E pela primeira vez na sua história, a marca mostra neste documentário todo o processo de fabrico, desde a mescla dos fios de carbono até aos complexos pontos de união (eixo pedaleiro, direção, etc) utilizando o reputado processo BCS. 

BCS é um termo usado para denominar o tecido composto pelas fibras bidirecionais que são fáceis de ajustar. Atualmente, a TIME tem à sua disposição 16 filamentos diferentes para o tipo de necessidades que possui. Este processo permite fazer algo quase único nesta indústria: fibras contínuas e ininterruptas que percorrem a totalidade da estrutura. Isto maximiza a resistência do quadro, se compararmos com o processo tradicional usado por muitas marcas (laminado pré-impregnado onde o rebordo de cada folha de carbono é um ponto débil). 

Na fabricação de cada quadro, são colocadas as películas de carbono seco em moldes de cera reutilizáveis e posteriormente são colocados em máquinas de moldagem por transferência de resina (RTM). Este processo é a melhor forma de minimizar os defeitos na estrutura composta. A resina é injetada a alta pressão entre os moldes rígidos externos e internos, as bolsas de ar são expulsas e os espaços entre as camadas são eliminados. Este processo RTM é o mesmo que a indústria aeroespacial está a usar, bem como a indústria automóvel (viaturas de luxo ou de alta competição), mas é raro no mundo do ciclismo. 

Este processo evita que surjam rugas no carbono, bolsas de ar ou acumulação de resina. 

Depois de os quadros saírem da máquina de moldagem e de devidamente limpo, as várias partes são unidas, sendo depois o quadro lixado ligeiramente para assegurar que a base e a pintura aderem perfeitamente. 

Vê o vídeo e fica a conhecer detalhadamente cada processo.

 

 

Arquivado em:

Já abriu a nova fábrica de pedais da TIME em Portugal

Relacionado

Já abriu a nova fábrica de pedais da TIME em Portugal

Bikemotiv, novo distribuidor exclusivo da TIME Bicycles para o mercado português

Relacionado

Bikemotiv, novo distribuidor exclusivo da TIME Bicycles para o mercado português

SRAM adquiriu a marca de pedais TIME

Relacionado

SRAM adquiriu a marca de pedais TIME

Carbon Team, em Vouzela, aposta na fibra de carbono

Relacionado

Carbon Team, em Vouzela, aposta na fibra de carbono

Nossos destaques