Equipa Efapel gera 8 milhões de euros de retorno durante Volta a Portugal

Os valores foram calculados pela Cision, empresa especializada em estudos deste tipo.
Carlos Pinto
Equipa Efapel gera 8 milhões de euros de retorno durante Volta a Portugal
Equipa Efapel gera 8 milhões de euros de retorno durante Volta a Portugal

A equipa de Ovar solicitou um estudo - aliás, como acontece todos os anos - à Cision, com o intuito de saber qual foi o impacto mediático da Efapel durante a Volta a Portugal - Edição Especial deste ano.

Segundo esse estudo, que contabilizou notícias, impressões (nos sites) e o impacto da equipa nos Media, o valor apurado ronda os 8.3 milhões de euros. Ou seja, este é o valor apurado de retorno que a equipa gerou aos seus patrocinadores durante a prova, o que significa um aumento de 10% face a 2019 (7,5 milhões de euros).

Isto significa que se as marcas que patrocinam a equipa tivessem de pagar (a preço de mercado) para ter o mesmo retorno, teriam de gastar esta maquia: 8.3 milhões de euros.

Traduzido em números:

  • 806 notícias
  • 47,3 milhões de impressões
  • 15% da população portuguesa esteve exposta a esta mensagem (total de 1,6 milhões de indivíduos)
  • 8,3 milhões de euros é o valor estimado pela ocupação deste espaço editorial (AVE);
  • 10% de crescimento no AVE (em 2019 foi de 7,5 milhões de euros).