comitium

Alexys Brunel deixa o ciclismo profissional aos 23 anos para enfrentar novos desafios

O jovem ciclista da UAE Team Emirates solicitou à equipa dos Emirados Árabes Unidos a rescisão do seu contrato para dar um novo rumo à sua vida.

DAVID CASTAÑO|FOTOGRAFIA: SPRINT CYCLING AGENCY.

Alexys Brunel deixa o ciclismo profissional aos 23 anos para enfrentar novos desafios
Alexys Brunel deixa o ciclismo profissional aos 23 anos para enfrentar novos desafios

Alexys Brunel decidiu "encostar a bicicleta" e enfrentar novos desafios, longe do ciclismo profissional. Esta decisão do francês foi anunciada pela UAE Team Emirates. 

Brunel assinou pela equipa de Tadej Pogacar esta temporada após quatro anos na Groupama FDJ. A sua única vitória como profissional foi na Paris-Tours Espoirs em 2019, enquanto este ano, o seu melhor resultado foi o 20º lugar na quarta etapa do Etoile de Bessèges - Tour du Gard. 

O ciclista explicou os motivos: "Gostaria de agradecer a todos e à UAE Team Emirates pelas oportunidades e pelo apoio que me deu. Foi um prazer fazer parte desta grande equipa, mas agora é o momento de virar a página e focar-me em novos objetivos e experiências na minha vida"

A UAE Team Emirates também deu a sua opinião: "Do nosso ponto de vista, o Alexys tem um grande potencial e vimos isso na primeira parte desta temporada. Mas estamos a falar de um ser humano e não apenas de um ciclista, por isso aceitamos plenamente a sua decisão de cessar a sua carreira como ciclista profissional. Desejamos ao Alexys tudo de bom nos seus projetos futuros". 

Durante a sua passagem pela Groupama-FDJ, alguns colegas de equipa puseram em causa o interesse de Brunel pelo ciclismo. Aliás, no seio da equipa era frequente haver comentários acerca do seu comportamento. Segundo alguns ciclistas que foram seus colegas de equipa, Alexys preferia jogar padel do que treinar. A partir de agora, Brunel terá todo o tempo do mundo para fazer o que quiser. 

Arquivado em:

Jumbo Visma abandona a Volta à Suíça após detetar casos de COVID 19

Relacionado

Jumbo-Visma abandona a Volta à Suíça após detetar casos de COVID-19

Moreno Moser deixa a alta competição: "Já não me sinto competitivo"

Relacionado

Moreno Moser deixa a alta competição: "Já não me sinto competitivo"

Luca Guercilena, Diretor Geral da Trek-Segafredo, deixa a equipa para lutar contra um linfoma

Relacionado

Luca Guercilena, Diretor Geral da Trek-Segafredo, deixa a equipa para lutar contra um linfoma

Romain Sicard abandonou o ciclismo profissional devido a um problema cardíaco

Relacionado

Romain Sicard abandona o ciclismo devido a um problema cardíaco

Edição nº9 da revista CICLISMO A FUNDO já disponível

Relacionado

Edição nº9 da revista CICLISMO A FUNDO já disponível

Nossos destaques