comitium

Ajuste e manutenção da direção

Notaste que a tua bicicleta tem a direção frouxa depois de teres descido umas escadarias? Notas uns ruídos estranhos? Certamemte tens folga na caixa de direção, por isso está na hora de realizares uma manutenção.

Iván Mateos / Fotos: Alejandro Cubino

Ajuste e manutenção da direção.
Ajuste e manutenção da direção.

 

»FERRAMENTAS

Ajustar a direção é muito simples, só precisas de um par de ferramentas, dependendo do tipo de bicicleta. Isto se não precisares de substituir os rolamentos:

1. Chave de precisão. Existem vários tipos de rolamentos, por isso deves medir para selecionar os corretos em caso de substituição.
2. Chave Allen. De 4 ou de 5 mm são as mais comuns. Algumas bicicletas utilizam parafusos Torx.

»PASSO A PASSO…

O que é mais importante na caixa de direção? Que o ajuste seja o adequado para que os rolamentos rodem de modo suave e sem folga. O ajuste realiza-se começando no parafuso superior do topo da direção, o qual, mediante a tampa da direção, empurra o avanço para baixo, que desliza sobre o tubo da direção, comprimindo todo o sistema de rolamentos.


1. Teste recomendado: desmonta a tampa (retirando o parafuso) e comprova que existe uma margem de 3 a 5 mm entre o bordo do avanço, o espaçador e o tubo da suspensão ou forqueta. Se não existir essa margem o avanço não conseguirá baixar, portanto não será possível eliminar a folga. 

2. Desaperta os parafusos do avanço até que estes rodem livremente sobre o tubo. Se só queres corrigir a folga, podes passar diretamente ao ponto 8.  

3. Ao retirar o avanço o conjunto fica solto.

4. Se tiveres um bicicleta com direção integrada, os rolamentos colocam-se e apoiam-se diretamente no quadro. É o tipo de direção mais leve existente hoje em dia. O segundo tipo mais utilizado é a direção semi integrada, onde uns casquilhos de aluminio são inseridos no interior do quadro, e os rolamentos sobre estes. O último tipo é a direção tradicional ou de casquilhos externos, com rolamentos no exterior da direção do quadro.

5. Se vais substituir os rolamentos, lembra-te de pedir uns novos com a mesma numeração que aparece geralmente no exterior. 

6. Atualmente a direção de quase todas as bicicletas de gama média e alta é cónica ou tapered, com o rolamento inferior maior (e mais resistente) do que o superior.

7. Coloca massa externamente nos rolamentos (se quiseres podes levantar o retentor de borracha com cuidado e introduz massa internamente) e coloca-os na sua posição.

8. Agora vamos corrigir a folga. Começamos por apertar ligeiramente os parafusos do avanço, apenas o mínimo para que rode livremente, mas não em demasia. Vai apertando a pouco e pouco os parafusos até que, movimentando o guiador, esteja relativamente apertado, mas ainda seja possível rodá-lo. 

9. Agora comprimimos o sistema, apertando o parafuso da tampa superior. A cada meia volta testamos se ainda existe folga e se ainda existir vamos repetindo os passos até eliminá-la. 

10. Coloca as pontas dos dedos entre os casquilhos e o cuadro, e aperta o manípulo do travão dianteiro com a outra mão. Balanceia a bicicleta para a frente e para trás: se existir folga, sentirás na ponta dos teus dedos. Corrige, reapertando a tampa superior, até que a consigas eliminar.

11. Agora vamos colocar o guiador na posição correta, ou seja, perpendicular à roda dianteira. Para tal existe um truque: a distância entre o guiador e o topo da suspensão deve ser igual.

12. Aperta os parafusos do avanço e já podes ir pedalar!

Arquivado em:

O que é que temos de fazer se as mudanças atrás não estiverem a entrar bem?

Relacionado

O que é que temos de fazer se as mudanças atrás não estiverem a entrar bem?

Colocação e ajuste de eixos passantes

Relacionado

Colocação e ajuste de eixos passantes

Aprende a afinar as mudanças

Relacionado

Aprende a afinar as mudanças

Como é possível saber se o líquido selante (tubeless) está seco?

Relacionado

Como é possível saber se o líquido selante (tubeless) está seco?

Os melhores videos