comitium

Eis a nova Rockrider XC900S

Há pouco tempo aqui na revista BIKE mostrámos-te a novidades da Decathlon, mas agora podemos divulgar aquela que é, para nós, a principal: uma bicicleta de suspensão total em carbono com um preço e uma montagem fora de série.

Eis a nova Rockrider XC900S
Eis a nova Rockrider XC900S

Aqui está ela, a Rockrider que esteve em segredo durante meses e que não pudemos divulgar por ter um embargo. Trata-se de uma bicicleta de suspensão total em carbono com um design moderno e uma montagem requintada.

Este modelo existirá apenas em 29" e embora o triângulo dianteiro seja em carbono, o basculante é em alumínio. Tem 120 mm de curso traseiro, está bem equipada e o preço é outra das suas vantagens. 

Quadro

O quadro é fabricado em carbono de alto módulo e foi desenhado para ser utilizado unicamente com transmissões monoprato. Tem uma geometria de XC/XCM, tanto em termos de curso disponível como de eixo de roda (Boost), cumprindo as tendências neste tipo de quadros. O amortecedor é um Manitou Radium que foi concebido segundo as exigências da Decathlon.  

O quadro com o amortecedor pesa 2,2 kg e o peso do conjunto é baixo devido à utilização de carbono no link. O basculante é em alumínio porque a marca considera que é essencial preservar a integridade da parte traseira, mais sujeita a pressões, torções e pancadas.

De momento, a única versão que estará à venda em Portugal será a XC900S. O quadro está equipado com transmissão SRAM GX Eagle, rodas Mavic Crossmax e suspensão RockShox Reba. Embora as rodas possam ser transformadas em tubeless, o peso da bicicleta com câmaras de ar é de 12 kg.  

Nos trilhos

Testei esta bicicleta em Alicante (Espanha) em trilhos com vegetação seca, com algumas zonas técnicas e com pedras. O protótipo que utilizei comportou-se de forma eficiente, tanto em termos de reações ao nível da pedalada, sem um bombeio excessivo do sistema de amortecimento, como ao nível da sua eficácia em descida. A geometria é aquilo que denominamos na gíria do BTT de "intermédia", procurando um equilíbrio entre agilidade e estabilidade, não se destacando em nenhuma das duas em particular, mas também sem penalizar. No fundo, é uma bicicleta equilibrada, fiável, e com um leque de utilização bastante alargado, que pode ir desde maratonas, passando por passeios, cross country e até mesmo um trail mais ligeiro. 

Outra das consequências de uma geometria equilibrada é que o conforto está assegurado, o que nos permite uma utilização mais prolongada (voltas mais longas), sem que o cansaço nos faça querer acabar a volta o quanto antes. 

Além disso, a bicicleta traz o novo sistema de bloqueio Combolock V2, com três posições (nas bicicletas rígidas não existe a posição média, por isso só têm duas posições), o qual é acionado a partir do comando giratório no lado esquerdo do guiador. 

Deixámos o melhor para o fim: o preço. A XC900S custa menos de 2.000 euros

Poderás ler o artigo com as novidades na revista BIKE, como sempre, com conteúdos exclusivos.  

 

 

Arquivado em:

Vestuário da Decathlon para este Inverno

Relacionado

Vestuário da Decathlon para este Inverno

Decathlon implementou sistemas inovadores em tempo de pandemia

Relacionado

Decathlon implementou sistemas inovadores em tempo de pandemia

Exclusivo: novos acessórios da Decathlon

Relacionado

Exclusivo: novos acessórios da Decathlon

Decathlon apresenta novidades para XC

Relacionado

Decathlon apresenta novidades para XC

Os melhores videos