comitium

Nova gama RockShox 2023

A RockShox está em grande! Depois de alterar a sua suspensão topo de gama para XCO e Maratonas, tornando-a a arma de desejo dos atletas da Taça do Mundo, a marca norte-americana fez grandes alterações na Pike, Lyric e ZEB, bem como nos seus amortecedores. Prepara-te, pois a revolução chegou.

IVÁN MATEOS, HÉCTOR RUIZ E CARLOS PINTO. FOTOS CÉSAR CABRERA/SRAM

Nova gama RockShox 2023
Nova gama RockShox 2023

Os segmentos Gravity estão a crescer em todo o mundo - Portugal não é exceção -, por isso todas as marcas estão a apostar todas as suas fichas em bicicletas e componentes de Trail, Gravity e Enduro.

A RockShox foi uma das marcas pioneiras e impulsionadoras destas disciplinas e agora, de uma só rajada, anuncia alterações de peso na sua gama de suspensões e amortecedores. 

Três suspensões receberam alterações - Pike, Lyrik e ZEB -, bem como quatro amortecedores - Deluxe, Deluxe Coil, Super Deluxe e Super Deluxe Coil, cujas versões topo de gama incluem as alterações tecnológicas mais importantes. 

Desta forma, os packs de suspensões para Trail (Pike + Deluxe), Enduro (Lyrik + Super Deluxe) e SuperEnduro (ZEB + Super Deluxe Coil) ficam com mais qualidade de funcionamento. Toda a família de suspensões está estruturada nas versões Select, Select+ e Ultimate. 

rock
 

O QUE É QUE MUDOU?

Tudo, literalmente. As novas suspensões da RockShox foram desenvolvidas partindo do zero e passam a ter um chassis completamente novo, bem como um sistema de amortecimento inovador, com tecnologias que silenciam o seu funcionamento, ao mesmo tempo que reduzem a fricção. No fundo, tudo aquilo que qualquer rider procura. 

NOVA PIKE: NASCEU UMA LENDA

O mercado está muito concentrado atualmente nas bicicletas de Trail e todas as marcas pretendem criar a bicicleta perfeita, aquela que seja capaz em todo o tipo de terrenos, que tenha o curso mais curto, a geometria mais agressiva, que seja leve e, ao mesmo tempo, que nos dê tudo aquilo que exigimos nos trilhos. A nova versão da Pike enquadra-se nessa visão. Quem não se lembra da primeira versão desta suspensão lançada em 2003? Os anos passaram, bem como o seu conceito e agora o seu interior - e exterior - foram reformulados graças ao chassis renovado e às tecnologias inovadoras. 

rockshox 2023
 

Polivalente como poucas, a Pike está agora mais leve, mas continua robusta, rígida e com um amortecimento fora de série. Quer tenhas de subir o trilho para depois o desceres, a Pike tem tudo o que precisas, mesmo nos trilhos mais técnicos, degradados e complicados. 

rock 2
 

VERSÕES DA PIKE

Não há subida que a intimide, descida que a faça tremer ou ressalto que ofusce o logotipo que enverga. É das suspensões mais versáteis e leves para Trail, com o novo chassis de 35 mm e com o novo sistema de amortecimento Charger 3 com ButterCups que filtra as vibrações do terreno. O Charger 3 tem um novo design do piston IFP (Internal Floating Piston) que oferece regulações independentes, para o máximo controlo. Para tal possui ajuste de compressão de alta e baixa velocidade e um controlo de recuperação de baixa velocidade totalmente novo.

rock5

Novo Charger 3, o melhor cartucho hidráulico que a RockShox alguma vez fabricou

Como não podia deixar de ser, inclui o DebonAir + para um comportamento digno de Taça do Mundo: funcionamento exemplar nos pequenos impactos, mais volume de ar e mais apoio durante o curso. 

rock6

Cartucho Charger 3 peça a peça

Quanto aos casquilhos, são os Ultimate, para o máximo rendimento dos rolamentos, e com o mínimo de ficção possível. A Pike possui válvulas de pressão que permitem ajustar a pressão interna dentro das pernas devido à altitude ou à temperatura. Basta carregar num botão e voilà. 

rock3
Estas válvulas de pressão são uma das principais novidades

O lubrificante adotado é o Maxima Plush Dynamic que dura mais tempo, reduz a fricção e melhora o comportamento geral da suspensão. 

O acabamento também foi alvo de revisão, passando a ter anodizado na coroa. As cores disponíveis neste modelo são o Gloss Silver Signature e o Ultimate High Gloss Black. Há também um guardalamas compatível da RockShox. 

Por sua vez, a versão normal da Pike inclui o sistema de amortecimento Rush RC (com um sistema de ajuste da compressão e da recuperação muito simples), a câmara de ar DebonAir + e o lubrificante Maxima Plush Dynamic. 

O preço estimado da Pike Ultimate ronda os 1.139€. A versão Select custa 855€ e é a mais barata. A Select + é OEM e não é vendida ao público. 

rock 4
Adaptadores para cubos con tampas standard

LYRIK E ZEE

Por sua vez, a Lyrik sofreu um corte no peso, mas mantém a rigidez e o seu comportamento digno nas descidas. É aquela suspensão que aguenta tudo aquilo que encontra nos trilhos, desde as escadarias, passando pelas secções cheias de saltos, buracos e regos. 

Por ser a suspensão mais versátil da gama, é a escolha de muitos dos fãs de trail. É muito estável no meio do curso e vem repleta de novas tecnologias, de modo a não sobrecarregar as nossas mãos e pulsos quando o terreno fica agressivo. 

Como é óbvio, a Ultimate traz as melhores tecnologias e destacamos desde já o chassis leve e rígido, o novo sistema de amortecimento Charger 3, a nova tecnologia ButterCup e a câmara de ar DebonAir +. E neste caso está disponível na exclusiva cor Heavy Meadow. Tem um chassis de 35 mm com ADN de All Mountain, os casquilhos Ultimate, as válvulas de pressão, o lubrificante Maxima Plush Dynamic, o acabamento anodizado e a compatibilidade com guardalamas RockShox. 

A versão Lyrik (sem ser a Ultimate) traz o sistema Rusch RC, enquanto a versão Lyrik Select traz o cartucho Charger RC, com ajuste de compressão e de recuperação a baixa velocidade. Quanto ao preço, a versão de topo custa 1.253€ e a Select 968€.

A ZEB também sofreu estas melhorias estruturais e nos sistemas de amortecimento, mas com um foco mais no Enduro.

DELUXE E SUPER DELUXE RENOVADOS

Como vimos, as suspensões são praticamnete novas e no caso dos amortecedores, passa-se exatamente o mesmo, com alterações no chassis e no interior. 

am
 

A principal novidade é a introdução do novo cartucho RC2T. O seu nome deriva de Recuperação, Compressão e com 2 ajustes separados. Esta possibilidade de poder regular tanto a compressão em alta como em baixa velocidade, é algo que se esperava há algum tempo. 

am2

O cartucho RCT2 está disponível nas versões Super Deluxe e Super Deluxe Coil

Este cartucho permite-nos ajustar o comportamento consoante o nosso gosto pessoal. Possui dois botões de regulação, um grande de ajuste manual, para a compressão em baixa velocidade e outro em que temos de usar uma chave allen para regular a compressão em alta. Ambos contam com 5 posições. Também podemos semi-bloquear o amortecedor através de uma pequena alavanca, facilitando a pedalada em subidas. 

am4
 

As câmaras de ar dos amortecedores Deluxe e Super Deluxe também são novas e agora chamam-se DebonAir+, com novas peças internas, sendo possível alterar o volume através de espaçadores (tokens), tanto na câmara positiva (onde é mais comum) como na negativa. 

13 tokens amortiguador
Tokens para o amortecedor

Quanto à câmara principal de ar, a novidade é que agora estará disponível em dois volumes, progressiva ou linear, ou seja, dois tamanhos e formas diferentes de câmara de ar que os fabricantes de bicicletas poderão escolher consoante o sistema de amortecimento adotado, e que o público em geral também vai poder selecionar. 

12 camaras de aire progesiva izquierda y lineal derecha
Câmaras de ar Debonair +. Progressiva na esquerda e linear na direita

Também foi introduzida uma versão de mola para Trail - o Deluxe Coil - que, em princípio, só estará disponível em OEM. 

2a
 

O novo design do sistema hidráulico também incorpora uma novidade inédita até agora, o Hydraulic Bottom Out. Trata-se de um sistema hidráulico em vez de mecânico com uma guia cónica que se vai introduzindo dentro do piston progressivamente e quando o amortecedor chega aos 20% finais do curso, vai obstruindo a passagem do óleo pouco a pouco até chegar ao fim do curso. 

am6

Regulação HBO nos amortecedores de mola Super Deluxe Coil

No Super Deluxe Coil, este topo pode ser regulado a partir de fora através de um pequeno botão HBO, permitindo ajustar esta resistência final na rampa de compressão, algo que certamente será bastante útil nas bicicletas de Enduro e nas de Downhill mais viradas para a competição. 

SIMPLESMENTE FANTÁSTICO

Estamos a testar as novidades da RockShox em várias das nossas bicicletas de teste e se há algo que podemos destacar por enquanto é precisamente o incremento em termos de suavidade e uma capacidade de resposta muito adaptativa às condições do terreno. Sobretudo em condições muito exigentes. 

am7
 

O Charger 3 e o RC2T do amortecedor têm uma sensibilidade inicial e um tato parecido ao veludo, o que é inédito na marca. Assim, mesmo nos terrenos mais degradados em alta velocidade não sentimos brusquidão ou solavancos. É uma verdadeira delícia! As aterragens em saltos são controladas, as vibrações e sacudidelas emitidas para o nosso corpo são inexistentes e tudo aquilo que sentimos é suavidade pura e dura. Chegámos a pensar que tínhamos colocado pouca pressão na câmara de ar, quando sentimos este conforto, mas afinal não, estava tudo bem. 

am8
 

Quanto aos ajustes de compressão, embora não pareçam ser muito diferentes dos existentes na geração anterior (especialmente se compararmos com o Charger 2.1), quando tiramos proveito de todas as potencialidades é que nos apercebemos que de facto há diferenças em termos de settings, com um leque maior de regulações. O tato do sistema de amortecimento é muito estável e consistente, com os primeiros centímetros do curso muito suaves e sensíveis, mas com um curso intermédio mais controlado, sem esgotar. 

m9
 

Acreditamos que o nível a que a RockShox chegou com esta nova gama é provavelmente um dos melhores que já vimos. Isso é notório sobretudo na sensibilidade inicial, mesmo quando usamos em condições muito exigentes. Esta nova etapa da RockShox parece ser de ouro, com suspensões e amortecedores mais estáveis, consistentes, suaves e com tecnologias e regulações de alta qualidade. 

QUERES FAZER UPGRADES?

Se gostaste de ler estas melhorias e gostarías de fazer upgrades na tua suspensão RockShox que tens em casa (caso não pretendas adquirir uma nova), existem kits para isso mesmo. O preço do cartucho Charger 3 é de 386€, enquanto a câmara de ar DebonAir + está à venda por 113€. 

 

GAMAS E PREÇOS

PIKE

pike familia
 

LYRIK

lyrik familia
 

ZEB

zeb familia
 

DELUXE

z deluxe familia
 

SUPERDELUXE

Super deluxe familia
 

Poderás encontrar mais detalhes em www.sram.com. 

Arquivado em:

Botões sem fios SRAM eTap AXS: para a máxima polivalência

Relacionado

Botões sem fios SRAM eTap AXS: para a máxima polivalência

SRAM compra a empresa Hammerhead, fabricante do ciclocomputador Karoo 2

Relacionado

SRAM compra a empresa Hammerhead, fabricante do ciclocomputador Karoo 2

Teste SRAM HS2: já experimentámos o novo disco de travão

Relacionado

Teste SRAM HS2: já experimentámos o novo disco de travão

Teste exclusivo: SRAM GX Eagle AXS

Relacionado

Teste exclusivo: SRAM GX Eagle AXS 1x12 (com preços)

Novo SRAM GX Eagle AXS: respondemos a todas as tuas dúvidas

Relacionado

Novo SRAM GX Eagle AXS: respondemos a todas as tuas dúvidas

Nossos destaques