comitium

Volta ao Algarve 2022: etapas, gráficos, equipas, principais candidatos

A 48ª edição da Volta ao Algarve 2022 já está em contagem decrescente. A prova decorrerá de 16 a 20 de Fevereiro, terá 795,8 km e contará com a presença de alguns dos principais ciclistas da atualidade, como Remco Evenepoel, Geraint Thomas, Sergio Higuita, entre outros.

José Carlos Gomes e Carlos Pinto

Volta ao Algarve 2022: etapas, gráficos, equipas, principais candidatos
Volta ao Algarve 2022: etapas, gráficos, equipas, principais candidatos

Ultimam-se os detalhes da edição número 48 da "Algarvia", prova carismática de início de época e que contará com 174 ciclistas em representação de 25 equipas, incluindo dez de categoria WorldTeam.

O lote é de qualidade e estão nomes bem conhecidos de todos, incluindo 25 ciclistas do top 100 a nível mundial. 

O percurso da prova terá 795,8 km, e distribui-se por cinco etapas que abrangem uma boa parte do perímetro do Algarve, do litoral ao anterior, do Barlavento ao Sotavento. Além da abrangência territorial, é um traçado com enorme amplitude desportiva: duas etapas estão pensadas para os sprinters, duas tiradas terminam em montanha, para dar oportunidades aos trepadores, e existe ainda um contrarrelógio individual, bem ao jeito dos especialistas.

Este percurso variado atraiu um lote muito valioso de ciclistas, que poderão expressar-se em cada uma das especialidades. Os sprinters poderão brilhar na primeira e na terceira etapas - Portimão a Lagos, 199,1 km e Almodôvar a Faro, 209,1 km, respetivamente. O lote de homens rápidos da 48.ª Volta ao Algarve conta com alguns dos maiores especialistas mundiais: Alexander Kristoff (Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux), Bryan Coquard (Cofidis), Fabio Jakoben (Quick-Step Alpha Vinyl Team), Hugo Hofstetter (Team Arkéa-Samsic), Jordi Meeus (Bora-hansgrohe), Mads Pedersen (Trek-Segafredo), Pascal Ackermann (UAE Team Emirates) e Tim Merlier (Alpecin-Fenix).

As decisões da classificação geral deverão passar por três etapas. A segunda, que se inicia em Albufeira e termina no Alto da Fóia (Monchique), após percorridos 182,4 quilómetros, a quarta, um contrarrelógio individual de 32,2 quilómetros, entre Vila Real de Santo António e Tavira, e a quinta, 173 quilómetros, entre Lagoa e o Alto do Malhão (Loulé).

O lote de contrarrelogistas, trepadores e corredores completos inscritos dá-nos pistas sobre os corredores que estarão na luta pela Camisola Amarela e pelas etapas decisivas. Sobressaem Brandon McNulty (UAE Team Emirates), David Gaudu e Stefan Küng (Groupama-FDJ), Ethan Hayter, Geraint Thomas e Michal Kwiatkowski (INEOS Grenadiers), Ion Izaguirre (Cofidis), Joseph Dombrowski (Astana Qazaqstan Team), Mattia Cattaneo e Remco Evenepoel (Quick-Step Alpha Vinyl Team), Sergio Higuita (Bora-hansgrohe), Tobias Foss (Jumbo-Visma) e Warren Barguil (Team Arkéa-Samsic).

A Volta ao Algarve costuma também ser o momento de revelar corredores jovens ao Mundo. Em 2022 há alguns ciclistas que merecem ser seguidos com atenção. Desde logo o campeão olímpico de XCO e campeão mundial de ciclocrosse, Thomas Pidcock (INEOS Grenadiers), mas também o campeão mundial de fundo sub-23 Filippo Baroncini (Trek-Segafredo), Ide Schelling (Bora-hansgrohe) e um trio muito promissor da Jumbo-Visma, formado pelo sprinter Olav Kooij, por Mick van Dijke e Michel Hessmann.

A Volta ao Algarve é também a oportunidade para as equipas portuguesas pedalarem lado a lado com as grandes estrelas internacionais. Depois da vitória de João Rodrigues (W52-FC Porto) na edição de 2021 e do desempenho de Rafael Reis (Glassdrive-Q8-Anicolor) no contrarrelógio do mesmo ano, espera-se ambição renovada das dez equipas continentais de Portugal em 2022.

Outro motivo de interesse é a oportunidade de ver em Portugal ciclistas nacionais que representam equipas estrangeiras. Em 2022 acontecerá com os gémeos multimedalhados da pista Ivo e Rui Oliveira (UAE Team Emirates), outra estrela da pista, Iúri Leitão (Caja Rural-Seguros RGA), e André Carvalho (Cofidis).

Percurso

16 de fevereiro: 1.ª etapa: Portimão – Lagos, 199,1 km

17 de fevereiro: 2.ª etapa: Albufeira – Fóia (Monchique), 182,4 km

18 de fevereiro: 3.ª etapa: Almodôvar – Faro, 209,1 km

19 de fevereiro: 4.ª etapa: Vila Real de Santo António – Tavira, 32,2 km (CRI)

20 de fevereiro: 5.ª etapa: Lagoa – Malhão (Loulé), 173 km

Race Map
 

Equipas

WorldTeams: Astana Qazaqstan Team, Bora-hansgrohe, Cofidis, Groupama-FDJ, INEOS Grenadiers, Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux, Jumbo-Visma, Quick-Step Alpha Vinyl Team, Trek-Segafredo e UAE Team Emirates.

ProTeams: Alpecin-Fenix, Caja Rural-Seguros RGA, Euskaltel-Euskadi, Human Powered Health e Team Arkéa-Samsic.

Continentais: ABTF-Feirense, Atum General-Tavira-AP Maria Nova Hotel, Aviludo-Louletano-Loulé Concelho, Efapel Cycling, Glassdrive-Q8-Anicolor, Kelly-Simoldes-UDO, LA Alumínios-Credibom-Marcos Car, Rádio Popular-Paredes-Boavista, Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados e W52-FC Porto.

Camisolas em disputa

GC YellowJersey
Camisola amarela
Mountain BlueJersey
Camisola da montanha
Points GreenJersey
Camisola dos pontos
Youth WhiteJersey
Camisola da juventude

Perfil das etapas

etapa 1 perfil
Etapa 1
etapa 2 perfil
Etapa 2
etapa 3 perfil
Etapa 3
etapa 4 perfil
Etapa 4
etapa 5 perfil
Etapa 5

 

Volta ao Algarve 2022 vai ter as quatro melhores equipas do mundo

Relacionado

Volta ao Algarve 2022 vai ter as quatro melhores equipas do mundo

Volta ao Algarve tem percurso renovado

Relacionado

Volta ao Algarve tem percurso renovado

Sobe para dez o número de WorldTeams confirmadas na Volta ao Algarve

Relacionado

Sobe para dez o número de WorldTeams confirmadas na Volta ao Algarve

Cinco ProTeams juntam-se ao leque de equipas na Volta ao Algarve

Relacionado

Cinco ProTeams juntam-se ao leque de equipas na Volta ao Algarve

Nossos destaques