comitium

Pogacar ganha em Jebel Jais e passa a liderar o Tour dos EAU

O esloveno bateu nos metros finais Adam Yates e Aleksandr Vlasov, passando a liderar a prova dos Emirados. Filippo Ganna conseguiu subir com os melhores e está somente a 2" do esloveno na geral.

Carlos Pinto / FOTOS: LUCA BETTINI / SPRINTCYCLING AGENCY

Pogacar ganha em Jebel Jais e passa a liderar o Tour dos EAU
Pogacar ganha em Jebel Jais e passa a liderar o Tour dos EAU

O número 1 do ranking mundial, Tadej Pogacar, ganhou no alto de Jebel Jais a 4ª etapa do Tour dos Emirados Árabes Unidos, passando a liderar a prova. 

A luta foi renhida, dado que um grupo de cerca de vinte ciclistas entraram no último quilómetro, incluindo Filippo Ganna, que tinha 11" de vantagem e que hoje conseguiu ir com os melhores nesta exigente subida de 21 km com 5,4% de média. Contudo, curiosamente foi um ataque de um colega seu da INEOS (Luke Plapp), a cerca de 500 metros da meta, que o fez ceder tempo e perder alguns segundos. Isso, juntamente com a bonificação que Pogacar teve, fez com que perdesse a camisola vermelha de líder. 

O esloveno da UAE Team Emirates impôs o seu ritmo nos últimos 150 metros - em rampas de 7% - batendo Adam Yates e Aleksandr Vlasov. Depois chegou um grupo composto por Bardet, Hindley, Powless, Almeida, Pello Bilbao, Guerreiro, Mäder... Dumoulin cedeu muito tempo quando ainda faltavam 8 km para a meta. 

Esta é a primeira vitória de Tadej Pogacar esta temporada e a 31ª na sua carreira. Passa a liderar a classificação geral com 2" de vantagem sobre Ganna, 13" sobre Vlasov e 15" sobre Adam Yates. 

FUGA INTERMINÁVEL

A etapa de hoje (a 4ª, numa ligação entre Fujairah Fort e Jebel Jais, com 181 km) ficou marcada por uma fuga muito longa protagonizada pelo italiano Luca Rastelli (Bardiani-CSF-Faizanè) e pelo dinamarquês Jakob Egholm (Trek-Segafredo). Chegaram a ter mais de 8 minutos de vantagem e após 160 km fugidos, foram alcançados na parte inicial da subida a Jebel Jais. 

A subida teve ataques - com a UAE a tomar a iniciativa através de Mikkel Bjerg, Rafal Majka, João Almeida e o próprio Pogacar -, o que provocou cortes fazendo ciclistas de renome descolar, como Dumoulin ou o líder Bissegger. 

img 20220223 wa0000
 

Mesmo assim cerca de 20 ciclistas conseguiram aguentar o ritmo, com destaque para os "nossos" João Almeida e Rúben Guerreiro, tendo a vitória sido decidida nos metros finais, com um potente ataque de Pogacar. 

Rúben Guerreiro cortou a meta no quarto posto. Quanto à geral, Pogacar é o líder, João Almeida é sexto a 28s e Rúben Guerreiro é nono, a 40s. 

Arquivado em:

UAE Tour abre a temporada World Tour em 2022

Relacionado

UAE Tour abre a temporada World Tour em 2022

Calendário nacional de estrada 2022

Relacionado

Calendário nacional de estrada 2022

Tadej Pogacar ganhou o Vélo d'Or 2021

Relacionado

Tadej Pogacar ganhou o Vélo d'Or 2021

Quem é, afinal, Tadej Pogacar?

Relacionado

Quem é, afinal, Tadej Pogacar?

Nossos destaques