comitium

Dombrowski ganhou a 4ª etapa do Giro e Nelson Oliveira sobe na classificação geral

A primeira grande etapa com montanha da Volta a Itália 2021 provou ser decisiva, aliás como já se esperava. Joseph Dombrowsky (UAE Team Emirates) ganhou a etapa, mas foi Allesandro de Marchi (Israel Start-Up Nation) que vestiu a rosa.

Dombrowski ganhou a 4ª etapa do Giro e Nelson Oliveira sobe na classificação geral
Dombrowski ganhou a 4ª etapa do Giro e Nelson Oliveira sobe na classificação geral

A chuva e o frio apimentaram esta quarta etapa do Giro, que já se antecipava ser decisiva para a geral. Foi o primeiro grande teste para os trepadores e para os homens da geral, sobretudo no último terço da etapa. 

Todos estavam focados em Nibali, Evenepoel, Bernal, entre outros, mas a verdade é que as fugas por vezes correm bem, como se viu hoje. Nelson Oliveira (Movistar) esteve em bom plano, chegando inclusive a ser camisola rosa virtual, mas nos quilómetros finais não conseguiu acompanhar o andamento e acabando em 8º lugar na etapa, mas subindo ao quarto lugar da classificação geral. 

Na luta pela vitória, Joseph Dombrowsky foi claramente o mais forte. O ciclista da UAE Team Emirates não só ganhou a jornada de hoje, como passou a envergar a camisola azul. Atrás de si chegou Alessandro de Marchi, da Israel Start-Up Nation, que passa a ser o novo líder do Giro.

De Marchi é o novo camisola rosa
Alessandro De Marchi é o novo camisola rosa

A Alpecin Fenix voltou a dar nas vistas através de Louis Vervaeke, ciclista que cortou a linha de meta em quarto lugar, mas na geral passa agora a terceiro.

Nesta jornada deu para ver que Remco Evenepoel (Deceuninck-Quick Step) está em boa forma. Talvez não com a explosividade necessária - o que é perfeitamente normal tendo em conta que está há muitos meses sem competir -, mas com boas indicações. Veremos como é que o seu corpo vai reagir nos próximos dias.

João Almeida hoje cedeu tempo e praticamente hipotecou as hipóteses de lutar pela vitória. Está a 5m38s, na posição 42. Rúben Guerreiro (EF Education-Nippo) esteve bem integrado no pelotão principal - que se foi dizimando à medida que a subida e a velocidade da corrida endureceram - estando agora na geral em 35º, a 3m16s. 

Foi um dia agridoce para os lusos, com um bom resultado de Nelson Oliveira - que quase soube a ouro - e com a constância entre os melhores de Ruben Guerreiro, mas um dia mau para João Almeida. No ciclismo não há certezas e todos têm dias maus. Hoje coube ao João sofrer, e agora é necessário arregaçar as mangas e trabalhar pois amanhã será certamente um dia melhor. 

Em cada derrota há sempre uma aprendizagem e por cada etapa percorrida, por cada gota de suor, até a nível microcelular há uma evolução. 

Tim Merlier estreia-se com vitória na Volta a Itália

Relacionado

Tim Merlier estreia-se com vitória na Volta a Itália

Volta a Itália: Ganna confirma o favoritismo no crono inicial

Relacionado

Volta a Itália: Ganna confirma o favoritismo no crono inicial

Taco van der Hoorn obtém a vitória da sua vida na Volta a Itália após uma fuga de mais de 180 km

Relacionado

Taco van der Hoorn obtém a vitória da sua vida na Volta a Itália após uma fuga de mais de 180 km

Volta a Itália 2021: já foi revelado o percurso

Relacionado

Volta a Itália 2021: já foi revelado o percurso

Não "afoguem" o João Almeida

Relacionado

Não "afoguem" o João Almeida

Os melhores videos