Volta a França adiada para setembro

A ASO rendeu-se às evidências e alterou a data da prova. Assim, o Tour começará no dia 29 de agosto e terminará no dia 20 de setembro, o que obrigará a Volta a Espanha a mudar de data.
Agência EFE / Foto: Bettini -
Volta a França adiada para setembro
Volta a França adiada para setembro

A Volta a França afinal irá decorrer entre 29 de agosto e 20 de setembro, depois de os organizadores terem sido obrigados a renunciar às datas inicialmente previstas devido à crise provocada pelo coronavírus. As novas datas irão obrigar a mudar o calendário da Volta a Espanha, que estava prevista para decorrer entre 14 de agosto e 6 de setembro. As fontes da Agência EFE dizem que o anúncio oficial deverá ocorrer hoje. O diretor da prova, Christian Prudhomme, esteve em contato nos últimos dias com os Presidentes de Câmara das cidades por onde o Tour passa para comunicar a nova data. Fontes da organização indicaram que este novo calendário "já fazia parte de uma das bases de trabalho". Segundo o mesmo, a Volta a França começará no dia 29 de agosto em Nice e terminará em Paris no dia 20 de setembro.

Até ontem, os organizadores mantiveram sempre a data inicial, mas o Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou que estariam proibidas as manifestações públicas pelo menos até meados de julho, o que tornou impossível manter o calendário previsto.

Neste contexto, surgiram várias opções, como mudar a prova para agosto, mas a decisão final recaiu em setembro para deixar tempo para introduzir alguma prova de uma semana, como o Criterium du Dauphiné, que ajude a aprimorar a preparação dos ciclistas. Isto poderá também, na pior das hipóteses, fazer com que a Volta a Portugal mude de data ou de escalão. Mas por enquanto são apenas suposições. O COVID-19 obrigou à suspensão de boa parte da temporada, que agora procura soluções. A União Ciclista Internacional tem programada uma reunião hoje, com diversos parceiros (equipas, ciclistas e organizadores) para tentar delinear um novo calendário.