Volta a Burgos, Occitania e Strade Bianche: semana crucial para o ciclismo

Chegou a hora da verdade para o ciclismo. Esta semana voltam as grandes provas do calendário UCI, rodeadas de incerteza devido à pandemia e aos protocolos de segurança que se vão aplicar.
Agência EFE / Foto: Bettini -
Volta a Burgos, Occitania e Strade Bianche: semana crucial para o ciclismo
Volta a Burgos, Occitania e Strade Bianche: semana crucial para o ciclismo

A Volta a Burgos, a Occitania e a Strade Bianche marcarão esta semana o futuro da temporada de ciclismo, pendente da evolução da pandemia e do funcionamento das medidas sanitárias que devem decidir se o resto do calendário se vai (ou não) realizar.

A Volta a Burgos começa hoje e decorre até sábado (1 de agosto). As medidas de segurança sanitária serão colocadas em prática na prova espanhola e está garantida a transmissão televisiva, devido à presença de figuras de primeira linha.

Alejandro Valverde, Enric Mas (cuja entrevista poderás ler em exclusivo na revista Ciclismo a fundo atualmente nas bancas) e Marc Soler, serão os líderes da Movistar, mas também estarão presentes outros nomes de relevo como Richard Carapaz (Ineos), vencedor da Volta a Itália de 2019, Mikel Landa (Bahrain Merida), Nairo Quintana (Arkea), o campeão do Mundo Mads Peterson (Trek Segafredo), o britânico Simon Yates (Mitchelton), vencedor da Volta a Espanha 2019 e o belga Remco Evenepoel.

Coincidindo com o final da Volta a Burgos, entrarão em cena outras duas provas importantes: a Occitania (1 a 4 de Agosto) e a Strade Bianche (1 de Agosto), a primeira prova do calendário World Tour após o confinamento.

Na prova francesa também serão testadas as medidas sanitárias, com especial atenção devido à proximidade (menos de um mês) da Volta a França. Isto numa altura em que surgem notícias que relatam novos surtos de Covid-19.

Na Occitania estarão presentes grandes figuras da Ineos, como Egan Bernal, vencedor da Volta a França 2019, e o britânico Chris Froome, que pretende obter este ano o seu quarto título em Paris. Miguel Angel Lopez (Astana) e os franceses Romain Bardet e Thibaut Pinot estarão presentes.

Este sábado também abre a temporada das clássicas com a Strade Bianche, onde a participação de Peter Sagan está assegurada. O campeão olímpico Greg Van Avermaet, o italiano Vincenzo Nibali e o francês Julian Alaphilippe são também nomes a reter.

No domingo, dia 2 de agosto, será a vez do Circuito de Getxo, que contará com equipas portuguesas e com um pelotão de luxo, com Mikel Landa, Mads Peterson e Fernando Gaviria a destacarem-se.

Esta será uma semana crucial para o ciclismo, com os organizadores cheios de ansiedade. No fundo, todos pretendem que este vírus invisível não destrua um calendário já se si depauperado.