Volta a Burgos: Evenepoel ganha a geral e João Almeida acaba em terceiro

Se dúvidas houvesse que dois dos melhores prodígios do ciclismo atual estão na Deceuninck-Quickstep, certamente foram dissipadas. Remco Evenepoel ganhou a geral e o português João Almeida ficou no pódio, ao alcançar o terceiro posto final.
Victor Marcos e Carlos Pinto -
Volta a Burgos: Evenepoel ganha a geral e João Almeida acaba em terceiro
Volta a Burgos: Evenepoel ganha a geral e João Almeida acaba em terceiro

Iván Ramiro Sosa (Ineos) não começou muito bem a Volta a Burgos, mas a verdade é que nos últimos dias recompôs-se e ganhou esta última etapa. Após sucessivos ataques de Mikel Landa (Bahrain McLaren) nos metros finais formou-se um trio formado pelo líder, pelo colombiano (Sosa) e por Landa. George Bennett (Jumbo-Visma) ficou para trás, decapitando as suas hipóteses e afastando-se do pódio, bem como outros nomes sonantes, como Chaves, Yates e Gaudu. Enquanto isso, o "nosso" João Almeida (Deceuninck-Quickstep) recuperava metros quase chegando a conectar com o grupo dos melhores.

A cerca de 500 metros para o final, Sosa partiu para a vitória, tendo apenas como oposição Landa e Evenepoel, que cortaram a linha de meta em segundo e terceiro, respetivamente. A margem foi suficiente para o jovem belga somar outra vitória numa volta por etapas esta temporada, a terceira depois de San Juan e Algarve.

Este resultado final de João Almeida deixa muito boas indicações para o seu futuro. Não só fez o seu trabalho em prol do seu líder - tal como fez no Algarve -, mas quando teve autorização para tentar fazer o melhor resultado possível não defraudou as expetativas, ajudando a equipa a somar pontos importantes.