Miranda Factory Team sagra-se Campeã do Mundo

Um pódio de Emanuel Pombo (2º) e José Borges (3º) no setor Masculino e um terceiro lugar na categoria Feminina através de Maaris Meier, foram suficientes para a formação portuguesa Miranda Factory Team garantir o título mundial em Pietra Ligure.
Evo Press / Fotos: Miranda Bike Parts – Kike Abelleira -
Miranda Factory Team sagra-se Campeã do Mundo
Miranda Factory Team sagra-se Campeã do Mundo

A pitoresca localidade italiana foi palco este fim-de-semana da derradeira ronda do EWS – Enduro World Series - E 2020. Após a boa prestação da equipa apoiada pela Miranda Bike Parts na Suíça, tudo estava em aberto para a tão desejada conquista do troféu no segmento E-Bike.

Miranda Factory Team sagra-se Campeã do Mundo

Esta jornada contou com um total de nove etapas – duas de subida designadas por “Power Stage” e aproximadamente 60 km de extensão. A formação portuguesa contou com os seguintes atletas: Emanuel Pombo, José Borges, Tiago Ladeira e Maaris Meier.

Miranda Factory Team sagra-se Campeã do Mundo

O madeirense Emanuel Pombo viria a garantir o melhor resultado individual – 2º classificado na classe Masculina. “Fiz algumas alterações na KTM e o desempenho surtiu efeito. Estou muito feliz com o meu resultado e ainda mais feliz por ajudar a equipa a sagrar-se Campeã do Mundo. É um orgulho representar a Miranda Bike Parts entre os melhores do Mundo. Foi uma época especialmente exigente para mim como atleta/team manager neste ano de pandemia, mas sabe tão bem acabar com sucesso”.

Depois de intensa luta com os mais diretos adversários, José Borges garantiu o lugar mais baixo do pódio – 3º classificado no setor Masculino. “Comecei um pouco nervoso, mas depois consegui soltar-me mais e no final ataquei para obter segundos importantes. No cômputo geral foi um bom resultado e só posso estar contente pela nossa conquista”.

Miranda Factory Team sagra-se Campeã do Mundo

Já Maaris Meier teve uma corrida bastante exigente, pois não teve oportunidade de trocar de bateria entre voltas. A estoniana foi forçada a dosear a sua autonomia, garantindo, no entanto, um brilhante 3º lugar entre as Senhoras. Um resultado preponderante para a tão desejada conquista do título mundial por equipas. “Foi uma corrida dentro da corrida, pois um erro custou-me caro. Fui obrigada a controlar muito e forçar mais o físico que as adversárias diretas. Mas valeu a pena todo o esforço, pois cumprimos o objetivo. Estou muito feliz com este resultado”.

Miranda Factory Team sagra-se Campeã do Mundo

Destaque ainda para Tiago Ladeira – o atleta tem sido um elemento fundamental na Miranda Factory Team -, no entanto em Pietra Ligure foi forçado ao abandono na PEC7 ao partir o desviador da sua bicicleta.

Um resultado histórico para uma equipa portuguesa, na estreia deste Campeonato do Mundo por equipas no setor E-Bike. Uma enorme conquista por parte da Miranda Factory Team num ano particularmente difícil para todo o tipo de competições.

Poderás consultar as classificações clicando AQUI.