comitium

Equipa lusa Miranda Factory Team fecha temporada com pódio no Enduro World Series-E

A derradeira ronda do Enduro World Series - E 2021, que decorreu em Tweed Valley, na Escócia, foi produtiva para a formação portuguesa.

Evo-Press

Equipa lusa Miranda Factory Team fecha temporada com pódio no Enduro World Series-E
Equipa lusa Miranda Factory Team fecha temporada com pódio no Enduro World Series-E

Tweed Valley, o parque florestal situado no sul da Escócia, recebeu a derradeira ronda do Enduro World Series – E 2021. A prova de Innerleithen foi literalmente o oposto da ultima jornada em Itália – raízes escorregadias, muita chuva, piso enlameado e uma série de trilhos bastante técnicos. Os atletas do EWS-E encontraram um percurso com mais de 56 km, três voltas que incluíam 14 etapas (2 power-stages) e um acumulado positivo com cerca de 3450 m. 

Emanuel Pombo demonstrou uma vez mais todo o seu potencial. O atleta madeirense da Miranda Factory Team conseguiu recuperar em tempo record da lesão contraída na jornada anterior e na Escócia viria a conquistar o 5º lugar da categoria. Com este resultado, Emanuel Pombo garantiu o 3º lugar final em termos globais. “Foi sem dúvida a prova mais dura do EWS-E. A chuva tornou a corrida numa brutalidade e eu sinto que tive uma corrida bastante consistente. Também estou super contente pelo trabalho de toda a equipa pelo resultado. O meu esforço e resultados hoje, são dedicados à Miranda. Dediquei o meu tempo a uma boa recuperação depois de Itália para que isto fosse possível e sabe tão bem cumprir objetivos”.

Depois do azar em Itália, Tiago Ladeira apresentou-se na Escócia ao mais alto nível, tenho estado sempre na luta pelos lugares cimeiros. O jovem apoiado pela Miranda Bike Parts garantiu nesta derradeira ronda, o 7º lugar final. Conquistando pontos importantes para a formação portuguesa, no cômputo geral, Ladeira fica entre o top10 mundial (9º classificado). “Choveu o dia todo, com o frio à mistura. Foi uma prova física, cometi alguns erros aqui e ali e não evitei um par de quedas. Acaba por não ser um mau resultado, pois na outra prova não tive pontos. Acima de tudo estou contente por me sentir bem, por saber que consigo andar ali na luta”.

Foi madrasta a temporada EWS-E 2021 para Nuno Reis. Apesar de um enorme potencial, os azares foram aparecendo e em Tweed Valley não foi exceção. O jovem português sofreu uma queda aparatosa na segunda volta, ficando lesionado nas costas. Com enorme esforço, Reis terminaria a prova no 16º lugar.  “Foi uma corrida muito dura devido à chuva e frio, as especiais eram bastante divertidas e com muita descida. Na segunda volta tive uma queda grande, tendo-me magoado nas costas. A partir daí foi só tentar acabar para ajudar a equipa a ir ao pódio”.

A Miranda Factory Team acabou por garantir o 3º lugar em termos coletivos na prova escocesa, bem como o 3º lugar em termos globais. Uma vez mais, os portugueses demonstraram um enorme valor nesta temporada, lutando jornada após jornada pelos lugares cimeiros.

Arquivado em:

Azar bateu à porta da Miranda Factory Team

Relacionado

Azar bateu à porta da Miranda Factory Team

Miranda Factory Team no pódio do Enduro World Series-E Crans-Montana

Relacionado

Miranda Factory Team no pódio do Enduro World Series-E Crans-Montana

Miranda Factory Team em pódio com sabor a vitória no Bosch EMTB Challenge

Relacionado

Miranda Factory Team em pódio com sabor a vitória no Bosch EMTB Challenge

Miranda Factory Team contrata Jackson Goldstone

Relacionado

Miranda Factory Team contrata Jackson Goldstone

Os melhores videos