UCI altera regra das provas por etapas

Vários organizadores vão ser afetados pela nova norma que implica que uma prova por etapas UCI tenha no mínimo 4 etapas.
Mountainbikes.pt -
UCI altera regra das provas por etapas
UCI altera regra das provas por etapas

Entre as novidades apresentadas pela UCI na passada segunda feira, uma das que mais chamou a atenção foi o aumento de três para quatro etapas no mínimo para considerar uma prova homologada pela UCI. Não nos devemos esquecer que o facto de ser uma prova oficial UCI (dentro do segmento provas por etapas existem três categorias: SHC, S1 e S2) é um dos principais motivos de terem tanta adesão, principalmente de atletas de topo, devido aos pontos UCI em disputa. Esses pontos UCI contam para o ranking, permitem aceder a melhores posições de partida nas provas, permitem lutar por um lugar nos Jogos Olímpicos...

Por isso há organizadores que vão ter de alterar as suas provas já no próximo ano. Além disso, a nova normativa UCI é bastante clara num aspeto: não é possível fazer mais do que uma etapa por dia. Alguns organizadores chegaram a ponderar fazer num só dia um prólogo de manhã e uma etapa mais curta de tarde, mas tal não é viável segundo as regras. 

Existe ainda outra regra específica: pelo menos uma das etapas deve superar em distância o mínimo estabelecido para uma prova de XCM, que são 60 km

Já há organizadores a alterar a logística, casos de provas importantes como a La Rioja Bike Race, Catalunha Bike Race, Volcat, Asturias Bike Race, entre outras.