comitium

SRAM Rival AXS, a tecnologia sem fios chega à gama média

A marca norte-americana ampliou a sua gama AXS com o novo Rival, que estreia a tecnologia sem fios, tendo novas desmultiplicações com 12 velocidades e um novo medidor de potência.

novo sram rival etap axs
novo sram rival etap axs

Primeiro foi o SRAM Red eTap AXS, um par de meses depois foi o SRAM Force eTap AXS... e dois anos depois chegou a vez do terceiro grupo na hierarquia da marca, o Rival, que passa agora a adotar a tecnologia AXS, convertendo-o num grupo eletrónico sem fios de 12 velocidades, com novas desmultiplicações e opções de cranques com pratos 48/35, 46/33 e 43/30, bem como um novo potenciómetro integrado no pedaleiro

Com a chegada do grupo SRAM Rival eTap AXS, a marca torna mais acessível a tecnologia sem fios (e de 12 velocidades), já que o preço do grupo completo começa nos 1.228€ e vai até aos 1.688€. 

PREÇOS DO NOVO GRUPO SRAM RIVAL ETAP AXS

  • 2x com potenciómetro 1.688 € 
  • 2x sem potenciómetro: 1.463 € 
  • 1x com potenciómetro: 1.453 €
  • 1x sem potenciómetro: 1.228 €
Manetes do Sram Rival AXS
Manetes do Sram Rival AXS

MANETES RIVAL ETAP AXS HRD

As manetes do novo grupo Rival eTap AXS são notavelmente mais pequenas do que as dos grupos Red eTap AXS e Force eTap AXS, algo que, segundo a marca, permite que se adaptem melhor a todo o tipo de mãos. Estas novas manetes, que a marca assegura que não serão utilizadas no Red e no Force, não permitem a regulação do ponto de contacto - embora possibilitem o ajuste de alcance - nem é possível instalar manípulos remotos auxiliares, ao contrário do que acontece no SRAM Red (dois por manete) e Force eTap AXS (um por manete). Além disso, a manete de travão do Rival eTap AXS é de alumínio, em vez de carbono. 

Os travões do Rival eTap AXS estão disponíveis unicamente com fixação Flat Mount
Os travões do Sram eTap AXS estão disponíveis unicamente com fixação flat mount.

Tal como as gamas superiores, as manetes são compatíveis com os grupos Eagle de BTT, algo importante para aqueles que pretendem montar à la carte uma bicicleta de gravel com carretos superiores de até 50 ou 52 dentes, sobretudo agora que a marca também estreou o GX, com um preço consideravelmente mais baixo do que o XX1. Tal como as manetes do Red e do Force, utilizam pilhas convencionais CR2032, com uma durabilidade estimada de 2 anos se utilizares a bicicleta cerca de 15 horas por semana. 

Detalhe do novo potenciómetro Rival integrado no eixo dos cranques
Detalhe do novo potenciómetro Rival integrado no eixo dos cranques

CRANQUES E POTENCIÓMETRO RIVAL AXS

O Rival estreia um novo potenciómetro Quarq totalmente integrado dentro do pedaleiro DUB, conseguindo assim uma estética muito limpa e uniforme. Este potenciómetro mede somente a potência no lado esquerdo, em vez da medição dupla dos potenciómetros dos grupos superiores, e inclui uma bateria AAA de lítio de longa duração - 400 horas, segundo a marca -. Tem a etiqueta de categoria IPX7 - que indica que é resistente à água - e pesa cerca de 40 gramas a mais do que a versão superior de aranha. Custa 360€, o que não deixa de ser um valor bastante atrativo.

Cranques com prato duplo 48/35 e potenciómetro
Cranques com prato duplo 48/35 e potenciómetro

O potenciómetro está disponível para todos os cranques do novo Rival, tanto com monoprato de 38 a 26 dentes, como nas versões 2x com pratos 48/35, 46/33 e Wide 43/30. Os cranques são de alumínio polido, enquanto a versão Wide com pratos 48/30 está otimizada para ser utilizada com pneus de até 700x45c ou 27,5x2,1”.

Para utilizar estes cranques mais largos é necessário usar um desviador específico. A versão monoprato Wide oferece uma linha de corrente mais ampla para bicicletas de gravel com pneus largos e é compatível com eixos traseiros de 135, 142 e Boost (148 mm). 

O desviador largo é necessário para utilizar os cranques com pratos 43/30
O desviador largo é necessário para utilizar os cranques com pratos 43/30

DESVIADORES, CASSETE E CORRENTE RIVAL ETAP AXS

O desviador dianteiro foi otimizado para os novos pratos X-Range com menos dentes do que os tradicionais introduzidos pela SRAM nos grupos AXS e utiliza a tecnologia Yaw, que elimina a necessidade de regular a manete. Por seu lado, o desviador Rival eTap AXS Wide é necessário para utilizar os cranques 43/30, caso queiramos usar pneus de gravel de até 45 mm. 

O desviador traseiro inclui um mecanismo de retenção por mola
O desviador traseiro inclui um mecanismo de retenção por mola

Quando o Red eTap AXS foi lançado no mercado, o desviador traseiro surpreendeu-nos devido ao seu sistema de embraiagem hidráulica Orbit, que também foi adotada no Force eTap AXS. O novo Rival não tem a mesma tecnologia, mas inclui um mecanismo de retenção por mola que na prática atua de maneira similar. Também usa rolamentos cerâmicos. 

O desviador é compatível com transmissões monoprato e de prato duplo, com cassetes 10-28, 10-30, 10-33 e 10-36. Ou seja, não é compatível com as cassetes 10-26, mas inclui de série a tecnologia Wide que a marca estreou no grupo Force para que funcione com um carreto grande de até 36 dentes. 

O desviador é compatível de série com carretos grandes de até 36 dentes
O desviador é compatível de série com carretos grandes de até 36 dentes

As baterias são exatamente iguais às dos grupos Red e Force eTap AXS e são compatíveis com os desviadores dianteiros e traseiros, o que é bastante útil. A sua duração estimada é de um mês ou 1.000 km, embora segundo os nossos testes tenhamos notado que dura mais do que o valor referido. Para sabermos a carga, basta olhar para os Leds dos desviadores ou então se emparelharmos o grupo com ciclocomputadores Garmin ou Wahoo através da conetividade ANT+ saberemos a carga no display do aparelho. 

A nova cassete 10/30 sempre foi um dos nossos pedidos à SRAM
A nova cassete 10/36 sempre foi um dos nossos pedidos à SRAM

Uma das grandes novidades do novo Rival é a estreia de uma cassete de 12 carretos 10-36. O cepo é o habitual desde que a Sram introduziu as 12 velocidades, ou seja, o XDR. 

Detalhe da corrente Flattop do Sram Rival eTap AXS
Detalhe da corrente Flattop do Sram Rival eTap AXS

Tal como nos grupos Red e Force eTap AXS, para utilizar o novo Rival eTap AXS é necessária uma corrente específica com tecnologia Flattop e com a parte superior plana. 

PESOS DO SRAM RIVAL ETAP AXS

O novo grupo com tecnologia sem fios da Sram pesa, dependendo da configuração, aproximadamente 3.2 kg. Ou seja, é 700 gramas mais pesado do que o Sram Red eTap AXS e cerca de 200 gramas mais do que o Force. Estes são os pesos de cada componente do Rival eTap AXS: 

  • Manetes e pinças de travão: 845 g
  • Discos: SRAM Paceline Center Lock 156 g (unidade de 160 mm); 137 g (unidade de 140 mm)
  • Cranques com potenciómetro: 893 g (prato duplo 48/35)
  • Cassete: 282 g (10-30), 338 g (10-36)
  • Desviador dianteiro: 180 g (desviador largo 182 g)
  • Desviador traseiro: 366 g
  • Corrente: 266 g (120 elos)

Arquivado em:

Shimano Deore 12v e SRAM XX1 Eagle ganham a categoria Inovação do Ano 2021 em Portugal

Relacionado

Shimano Deore 12v e SRAM XX1 Eagle ganham a categoria Inovação do Ano 2021 em Portugal

Aprende a afinar as mudanças

Relacionado

Aprende a afinar as mudanças

SRAM Force eTap AXS: 12 velocidades, sem fios e com novas desmultiplicações

Relacionado

SRAM Force eTap AXS: 12 velocidades, sem fios e com novas desmultiplicações

Os melhores videos