comitium

Polémica na queda de Van der Poel em Tóquio ... Terá sido um erro ou uma falha da organização?

A aparatosa queda de Van der Poel nos Jogos Olímpicos de Tóquio poderá não ter sido um descuido do holandês.

Miguel Ángel Sáez

Polémica na queda de Van der Poel em Tóquio ... Terá sido um erro ou uma falha da organização?
Polémica na queda de Van der Poel em Tóquio ... Terá sido um erro ou uma falha da organização?

Mathieu Van der Poel era sem sombra de dúvida um dos favoritos à medalha de ouro na prova de XCO que se disputou esta manhã nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Contudo, todos ficámos surpreendidos com a queda do atleta no início da prova. O holandês rolava nos primeiros cinco lugares e caiu num dos maiores drops do circuito.

 

Van der Poel entrou no salto inexplicavelmente lento. A consequência foi óbvia: a dianteira da bicicleta foi a primeira a atingir o solo e o atleta caiu com estrondo, deixando-o combalido durante algum tempo. 

mathieu van der poel 1 3
 

Obviamente as opções de lutar por uma medalha olímpica caíram por terra. O atleta ainda retomou a corrida, no entanto a duas voltas do final abandonou, com dores no joelho e ombro. Como é óbvio, esta queda impossibilitou-o de lutar por um dos principais objetivos dos últimos quatro anos. 

Ainda por cima, Mathieu Van der Poel é conhecido por ser dos atletas com mais técnica do circuito mundial. Após a prova, o treinador de Mathieu, Kristof Kegel, manifestou nas redes sociais que a queda foi provocada por uma alteração de última hora na zona em questão, mais concretamente uma rampa de madeira que se encontrava na zona das rochas.

Na altura do salto, Van der Poel seguia na roda de outro atleta e esperava encontrar essa madeira como alternativa ao salto. No entanto, como comprovou na altura do salto, não estava. O próprio atleta manisfestou nas redes sociais a sua tristeza com o que sucedeu e assegurou que poderia ter feito o salto de olhos fechados caso soubesse que a madeira tinha sido retirada. 

Kegel referiu que essa madeira permaneceu todos os dias durante as sessões de treino e que ninguém informou o atleta de que essa madeira tinha sido retirada antes do início da prova. Por esse facto, aponta esse pormenor como causa do incidente. É comum nos circuitos haver rampas que permitem treinar de forma segura estes saltos, mas em competição costumam ser retirados. De facto, na prova pré-olímpica realizada neste mesmo circuito aconteceu o mesmo, embora Van der Poel não tenha participado. Seja como for, a polémica está instalada, não só por ser uma prova olímpica, mas também devido à pressão que existe em termos de resultados. 

Britânico Tom Pidcok ganha a prova de XCO nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Relacionado

Britânico Tom Pidcok ganha a prova de XCO nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Dias e horários das provas de ciclismo e BTT nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Relacionado

Dias e horários das provas de ciclismo e BTT nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Edição nº19 da revista BIKE já nas bancas

Relacionado

Edição nº19 da revista BIKE já nas bancas

Os melhores videos