comitium

Joana Monteiro e Mário Costa triunfam em Abrantes na Taça de XCO

A equipa Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde dominou as corridas de elite da segunda prova da Taça de Portugal de Cross Country Olímpico, em Abrantes. Os vilacondenses impuseram-se através de Mário Costa e de Joana Monteiro, que também passaram a comandar a classificação geral da Taça.

José Carlos Gomes

Joana Monteiro e Mário Costa triunfam em Abrantes na Taça de XCO
Joana Monteiro e Mário Costa triunfam em Abrantes na Taça de XCO

A corrida masculina de elite manteve os adeptos presos à incerteza até final. Apesar de Mário Costa se ter destacado da concorrência, nunca conseguiu abrir um espaço demasiado significativo para os rivais, mantendo a expectativa. O atleta nortenho acabou por vencer com 33 segundos de vantagem sobre Roberto Ferreira (Guilhabreu BTT) e 50 segundos à melhor sobre Ricardo Marinheiro (Clube BTT Matosinhos). O melhor sub-23 foi Alberto Barroso (SportBici/Mundo Furgonetas), quarto da geral absoluta.

MarioCosta
Mário Costa venceu em Abrantes 

Joana Monteiro foi a mais forte na corrida feminina de elite. Depois do segundo lugar no arranque da Taça, em Melgaço, a famalicense bateu toda a concorrência em Abrantes e assumiu o comando da geral da Taça. Na prova deste fim de semana cortou a meta com 1m28s de vantagem sobre Lara Lois (Motobike) e 5m40s sobre Ana Tomás (BTT Seia), que a acompanharam no pódio. Ana Fernandes (Strix Bike Team), quarta na linha de meta, foi a melhor sub-23 em prova.

A corrida masculina de juniores assistiu a um duelo animado, que terminou com os três primeiros separados por menos de um minuto. Guilherme Barros (24 horas Altimetria/Ontrack) venceu, deixando Rafael Sousa (Guilhabreu BTT) e Artur Mendonça (BTT Loulé/Elevis) a 21 e 42 segundos, respetivamente.

O desfecho da prova feminina de juniores foi mais desequilibrado. Mariana Líbano (Guilhabreu BTT) destacou-se de toda a concorrência, vencendo com uma margem de 2m49s sobre a segunda classificada, Marta Carvalho (Extremosul/Hotel Alísios/Cenmais). A terceira, Beatriz Sousa (24horas Altimetria/Ontrack), gastou mais 3m41s do que a vencedora.

As corridas de cadetes foram vencidas por David Vizcaino (Club Gr 100 MTB) e por Beatriz Guerra (BTT Loulé/Elevis). Em paraciclismo o melhor foi Ivo Pereira (Róódinhas/Master Vantagem).

Entre os veteranos impuseram-se os masters 30 Ismael Graça e Ângela Gonçalves (Korpo Activo/Penacova), os masters 40 Martinho Saragoça (Róódinhas/Master Vantagem) e Virgínia Moreira (Saertex Portugal/Edaetech), o master 50 António Sousa e o master 60 Luís Tomé (Korpo Activo/Penacova).

A Axpo/FirstBike Team/Vila do Conde impôs-se por equipas. A terceira corrida da Taça de Portugal de XCO vai disputar-se em Lousada, no dia 1 de maio.

Arquivado em:

Paredes de Coura recebe o Campeonato do Minho de XCO

Relacionado

Paredes de Coura recebe o Campeonato do Minho de XCO

Mariana Líbano 18.ª na segunda ronda do XCO Junior Series

Relacionado

Mariana Líbano 18.ª na segunda ronda do XCO Junior Series

Calendário nacional de BTT 2022 já é conhecido

Relacionado

Calendário nacional de BTT 2022 já é conhecido

Calendário 2022. Já estão definidas as datas e locais da Taça do Mundo e Mundiais

Relacionado

Calendário 2022. Já estão definidas as datas e locais da Taça do Mundo e Mundiais

Nossos destaques