Joni Brandão e Melissa Maia campeões de rampa

Joni Brandão (Efapel) e Melissa Maia (Farto/Aguas de Paraño) são os campeões nacionais de rampa na categoria de elite, graças à vitória na crono-escalada, de 3 quilómetros, disputada em Miranda do Corvo.
Revista Ciclismo a fundo / José Carlos Gomes -
Joni Brandão e Melissa Maia campeões de rampa
Joni Brandão e Melissa Maia campeões de rampa

Previa-se percursos diferentes em função da categoria etária, mas o prolongamento da situação de alerta, devido a risco de incêndio, obrigou a que todos os participantes tivessem de completar apenas 3 quilómetros.

Joni Brandão confirmou o favoritismo e estabeleceu o melhor registo entre os mais de 300 ciclistas que treparam as rampas de Miranda do Corvo. O chefe-de-fila da Efapel precisou de 8m20s para concluir a crono-escalada. Jorge Magalhães (W52-FC Porto) foi quem mais se aproximou, com mais 12 segundos. Joaquim Silva (Miranda-Mortágua) fechou o pódio, a 19 segundos do campeão.

Melissa Maia foi a mais forte das 20 corredoras de elite presentes em Miranda do Corvo, gastando 12m00s para cobrir o percurso. Flávia Lopes (Vasconha BTT Vouzela) conseguiu a posição imediata, a 20 segundos. Inês Trancoso (Maiatos) foi a terceira classificada, a 32 segundos.

O leiriense André Domingues (Kelly-InOutBuild-UDO) dizimou a concorrência na categoria de sub-23. No primeiro ano nesta categoria, o vencedor da Volta a Portugal Júnior de 2019 subiu em 8m43s, deixando Rúben Simão (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel) a 27 segundos e Pedro Miguel Lopes (Kelly-InOutBuild-UDO) a 33 segundos.

Fábio Fernandes (Efapel/Escola de Ovar) triunfou na categoria de juniores, registando 9m23s na meta, menos 12 segundos do que Alexandre Montez (ADAR/Ofimoto) e menos 29 segundos do que Tomás Martins (Bairrada), que também subiram ao pódio.

Beatriz Roxo (NRV/Academia de Ciclismo de Paredes) ganhou com autoridade a competição feminina de juniores, com 11m43s. Daniela Campos foi a segunda classificada, a 27 segundos, seguindo-se Beatriz Pereira (Bairrada), a 1m29s da vencedora.

António Morgado (Anipura/GDM – Escola Alexandre Ruas) e Mariana Líbano (Maiatos) conquistaram o título de cadetes.

João Moreira foi o melhor elite amador, enquanto nas categorias de veteranos impuseram-se os masters 30 Michel Machado (Vasconha BTT Vouzela) e Liliana Silva (Maiatos), os masters 40 Martinho Saragoça (Clube BTT Águeda/Fundiven) e Rita Reis (Maiatos), o master 50 Carlos Soares (Saertex Portugal/Edaetech) e o master 60 Joaquim Pinto (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel).