Mais adiamentos devido ao Coronavírus

As primeiras etapas do EWS deste ano foram adiadas e várias equipas já anunciaram que não irão participar no Cape Epic entre outras provas agendadas.
Carlos Pinto
Mais adiamentos devido ao Coronavírus
Mais adiamentos devido ao Coronavírus

Continuam as consequências diretas da pandemia do Coronavírus no mundo do BTT. As duas primeiras etapas do Enduro World Series foram adiadas: Manizales (Colômbia) iria receber no final deste mês a primeira ronda, a qual foi adiada para 7 e 8 de novembro, enquanto a prova de Farellones (Chile), inicialmente agendada para os dias 4 e 5 de abril foi adiada para 14 e 15 de novembro. Embora a América do Sul tenha atualmente uma incidência muito baixa de casos confirmados de Coronavírus, é expectável que o número crescça abruptamente, além de que este tipo de provas envolve sempre atletas de vários países do mundo, pelo que a organização decidiu, por uma questão de interesse público e de salvaguarda da segurança sanitária de todos, fazer estas alterações.

Também o Cape Epic está em risco. O número de casos na África do Sul cresceu (às 10h da manhã de ontem estavam confirmados 13 casos) e também é expectável que o vírus se dissemine sobretudo nas grandes zonas populacionais. Em todo o caso, já vários atletas anunciaram que não estarão presentes. A organização não cancelou a prova (pelo menos até à hora de emissão desta notícia), mas emitiu um comunicado no seu site dando conta das regras que implementará em termos de higiene. Além disso, sendo um evento de cariz internacional, anunciou que está em estreita colaboração com as entidades de saúde sul-africanas, pelo que cumprirá escrupolosamente as diretrizes dos órgãos de saúde.