La Huelva Extrema 2020 terá um percurso inédito

Este evento que decorrerá no país vizinho (mas bem perto de Portugal) no dia 25 de abril percorrerá 180 km com partida em Cortegana e chegada em Ayamonte.
Carlos Pinto
La Huelva Extrema 2020 terá um percurso inédito
La Huelva Extrema 2020 terá um percurso inédito

Estás farto de participar sempre nos mesmos eventos? Procuras algo novo, que te desafie e que te possibilite conhecer novos lugares e novas culturas? Huelva, bem perto de Castro Marim, será o palco de uma prova de alto gabarito denominada "La Huelva Extrema 2020" e que incluirá um percurso inédito na sua história, com o intuito de impulsionar o seu crescimento tanto a nível nacional como internacional. Será a oitava edição deste evento, que está agendado para dia 25 de abril e cuja partida decorrerá em Cortegana e a chegada será em Ayamonte.

No total serão percorridos 180 km passando por Aroche, Cabezas Rubias, Santa Bárbara, Paymogo, Puebla de Guzmán, El Almendro, El Granado, Sanlúcar de Guadiana, San Silvestre de Guzmán e Ayamonte. Para além do percurso mais duro de 180 km com 3.700 metros de desnível positivo, haverá um trajeto mais curto com cerca de 80 km e 1.600 metros de desnível. Os que optem por fazer o percurso mais curto partem de El Granado. La Huelva Extrema 2020 terá um percurso inédito

Esta prova permite fazer equipas de dois em regime de estafeta no caso dos 180 km. Ou seja, o primeiro elemento partirá em La Cortegana e fará o percurso até El Granado, cobrindo uma distância de 100 km, enquanto o seu colega de equipa partirá (quando ele chegar até essa zona) realizando os 80 km restantes até à meta, em Ayamonte. A vertente de ultramaratona (180 km) pode ser feita individualmente, por equipas, ou por estafetas. Além disso, haverá novas possibilidades, como participar com bicicletas de gravel ou mesmo elétricas, embora não possam entrar na classificação competitiva.

Este evento é duro, mas as paisagens são impressionantes e os trilhos não deixarão ninguém indiferente. Na edição passada ganhou José Márquez, tendo realizado o percurso em 7h01m33. O segundo classificado foi Javier Ramírez e o terceiro foi o nosso bem conhecido Juan Pedro Trujillho, que competiu vários anos em Portugal. Na categoria feminina, o triunfo coube a Luisa Cuenco, que completou o traçado em 9h23m55. Poderás realizar a tua inscrição em www.huelvaextrema.com.