FPC: Novos órgãos sociais tomam posse para mandato de quatro anos

Os órgãos sociais da Federação Portuguesa de Ciclismo para o quadriénio 2020-2024 foram ontem eleitos, tomando posse de imediato, em Sangalhos, Anadia.
José Carlos Gomes -
FPC: Novos órgãos sociais tomam posse para mandato de quatro anos
FPC: Novos órgãos sociais tomam posse para mandato de quatro anos

Delmino Pereira encabeçou a única candidatura a sufrágio, tendo sido eleito Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo para o terceiro mandato consecutivo. O dirigente interveio após a tomada de posse, elencando as prioridades para os próximos quatro anos e fazendo um apelo para um maior investimento público no desporto.

“Temos consciência das dificuldades do ciclismo de base. Vejo com preocupação a proposta de Orçamento do Estado, na qual o desporto é ignorado de forma muito preocupante. Não há uma única rúbrica na proposta de Orçamento para o desporto, ao contrário do que acontece na generalidade dos países da Europa, que reconhecem o desporto como atividade que deve ser apoiada e defendida”, salientou o presidente da Federação.

Delmino Pereira anunciou a criação de um novo departamento técnico-desportivo, a funcionar no Centro de Alto Rendimento, em Anadia: “Será aqui planeada toda a componente desportiva nacional, regional e internacional. Aqui também ficará sediado o Centro de Formação”.

Será também em Anadia que funcionará um departamento de apoio à internacionalização. “Houve tempos em que os melhores ciclistas portugueses não queriam ir à seleção nacional. Hoje estamos num ciclismo global. E a Federação tem de ter um departamento que ajude à internacionalização de carreiras e de equipas, porque as equipas também têm de atravessar a fronteira. Mas também queremos atrair equipas, seleções e ciclistas para estagiarem e competirem em Portugal”, elencou o dirigente.

O ciclismo regional, enquanto base de acolhimento e desenvolvimento de novos praticantes, será alvo de uma reforma desportiva. Pretende-se melhorar os quadros competitivos regionais, mas também empoderar as Associações e os seus recursos humanos para que possam responder com maior eficácia aos desafios de relacionamento com clubes e praticantes. “Vamos ter de fazer a reorganização do ciclismo regional, abrir as portas a toda a gente. O ciclismo tem de ser atraente e tem de ser fácil às crianças iniciarem-se na modalidade. O futuro da modalidade está na capacidade de alargar a capacidade de recrutamento”, anunciou Delmino Pereira.

“Esta é uma modalidade que a Câmara de Anadia abraçou, mas é um compromisso de ambas as partes, de confiança mútua. Não foi possível concretizar todos os compromissos, mas estão lançadas as obras ainda em falta. Esperamos poder continuar a corresponder aos vossos desafios”, disse Teresa Cardoso, presidente da Câmara Municipal de Anadia e anfitriã da cerimónia de tomada de posse.

Resultados Eleitorais

  • Presidente: 42 votos a favor + 2 brancos
  • Direção: 42 votos a favor + 2 brancos
  • Mesa da Assembleia Geral: 41 votos a favor + 3 brancos
  • Conselho Fiscal: 43 votos a favor + 1 branco
  • Conselho de Disciplina: 43 votos a favor + 1 branco
  • Conselho de Justiça: 42 votos a favor + 2 brancos
  • Conselho de Arbitragem: 43 votos a favor + 1 branco

Órgãos Eleitos

  • Presidente: Delmino Albano Magalhães Pereira

Direção

  • Vice-Presidentes: José Luís Mendes Ribeiro e Sandro Daniel dos Santos Gonçalves de Araújo
  • Diretores: José Henrique Silva Carlos Soares, Rafael Martins Fernandes, Cristina Azevedo, Luís Canelas Guégués, Jorge Paulo Tomás Pina, Jorge Manuel Aires Ferreira Rocha
  • Suplentes: Ana Paula de Jesus Almeida, Duarte Nuno Pereira Marques, Rui Miguel Santos Melo, Paulo Jorge Fernandes Pereira

Mesa da Assembleia Geral

  • Presidente: Artur Manuel Moreira Lopes
  • Vice-Presidente: Maria Fernanda Rollo
  • Secretário: José António da Graça Duarte de Sousa
  • Suplente: Leonel Miranda

Conselho Fiscal

  • Presidente: Luís Filipe Caleia Rodrigues
  • Vítor José Sousa Cabrita, Ângela Maria Vidal Dias Gonçalves
  • Suplente: Manuel Albertino Machado de Almeida

Conselho de Disciplina

  • Presidente: Sandra Eunice Ramos de Almeida
  • Pedro João Alves Carneiro Marques, Carlos Jorge Caneja Amorim
  • Suplente: Nuno Manuel Tavares Belo Eça Brancaamp

Conselho de Justiça

  • Presidente: Diogo Ribeiro de Oliveira Guia
  • Vogal: Paulo Jorge Osório Mendes
  • Rui Miguel Meira Barreira

Conselho de Arbitragem

  • Presidente: Francisco Manuel Costa Fernandes
  • Vogal: Jorge Manuel Vassalo Oliveira
  • João dos Santos Lourenço, Rui dos Santos Brás Bernardo, Armando Jesus Machado Sousa
  • Suplente: Mário Augusto Pereira Martinho, Augusto Fernandes Oliveira, Alberto Manuel Dias Mestre