Decathlon implementou sistemas inovadores em tempo de pandemia

A Decathlon em Portugal apostou nas vendas online nesta fase de confinamento, possibilitando o sistema de recolha em loja ou o "Drive thru".
Carlos Pinto
Decathlon implementou sistemas inovadores em tempo de pandemia
Decathlon implementou sistemas inovadores em tempo de pandemia

A Decathlon teve de se reinventar nesta fase de pandemia. Não só fechou as lojas físicas, como criou três métodos de entrega dos seus produtos vendidos online. Mas já lá vamos. Antes perguntámos ao responsável de ciclismo da marca no nosso país como estão a decorrer as vendas online.

"O comércio online está crescer. Mas não vemos o nosso site apenas como uma plataforma de venda de produtos, mas igualmente como uma plataforma de experiências. Os clientes podem descobrir conselhos para melhorar ou praticar desporto em casa e temos uma parceria com o Homefitness.pt que permite que toda a população possa aceder a aulas em direto de fitness e de uma forma gratuita. Se forem a Decathlon.pt ou seguirem os nossos stories do Instagram conseguem ver os horários."

Perguntámos, obviamente, de que modo os clientes estão atualmente a obter os produtos de venda online.

"Para além da entrega ao domicílio, a Decathlon estreou recentemente o sistema de entrega “drive thru” e o serviço Recolha em Loja. O cliente pode comprar online e levantar os produtos à porta da loja ou se preferir Drive thru (estaciona o carro e coloca as encomendas no mesmo)."

Tendo em conta a situação atual, quisemos saber qual é o setor (ciclismo, running, etc) que mais saída tem tido nestes últimos tempos.

"Enquanto o surto não se extinguir é solicitado à população que pratique exercício físico com distanciamento social. Os desportos que não necessitem de ser praticados em coletivo como é o caso da corrida, caminhada, ciclismo, patins, trotinete, estão a ter mais procura. As práticas que são possíveis de praticar dentro de casa (relacionadas com Fitness) também continuam com procura."

Será que as bicicletas de fitness tiveram mais procura do que as de puro BTT ou ciclismo? "Sobre o ciclismo, existe uma procura geral de todas as práticas. Existem dois fatores que podem justificar: primeiro, porque é uma forma de praticar desporto sozinho ou a dois e traz muitos benefícios para a saúde (pedalar aumenta a libertação de endorfinas e desenvolve o bem estar); segundo, porque uma parte da população está a equacionar deslocar-se para o trabalho de bicicleta e reduzir o transporte público. Neste sentido, as bicicletas elétricas e de cidade convencionais têm tido procura. Os pais também querem continuar a pedalar com os filhos, por isso as bicicletas de criança continuam com bastante procura. Os rolos de treino continuam com muita procura, mas não sei se com o fim do estado de emergência vai continuar. Sobre o ciclismo no geral as pessoas têm o cuidado de comprar a bicicleta e não descurar a compra da panóplia de segurança (capacete, óculos, luvas, bidon e acessórios de manutenção, reparação de furos nos passeios)."

A Decathlon também tem estado bastante proativa nas redes sociais, dado que tem um grupo de utilizadores (Decathlon Bike Lovers) que conta com mais de 2.500 seguidores, onde todos os dias são partilhadas fotografias e mensagens para a prática de ciclismo, bem como questões e discussões sobre a modalidade.