Covid 19: Santini e Gobik vão produzir máscaras e fatos de proteção

As duas empresas de vestuário para ciclismo e BTT vão adaptar as suas linhas de produção para a fabricação de máscaras e fatos de proteção para ajudar a combater o Coronavírus.
Carlos Pinto
Covid 19: Santini e Gobik vão produzir máscaras e fatos de proteção
Covid 19: Santini e Gobik vão produzir máscaras e fatos de proteção

A marca Santini, num gesto de grande solidariedade, decidiu converter a sua linha de produção de vestuário, incluindo a maquinaria, para a fabricação de máscaras de proteção para os médicos e enfermeiros italianos. A Santini é uma marca premium italiana de vestuário para ciclismo, sendo o país transalpino o que mais casos tem atualmente de Covid 19. Devido à gravidade da situação e ao desespero dos médicos, enfermeiros e restantes agentes de saúde (os hospitais ultrapassaram há muito a sua capacidade, estando os cuidados intensivos a rebentar pelas costuras e os corredores dos hospitais completamente lotados), esta produção pode ajudar a colmatar uma das maiores falhas existentes. Covid 19: Santini e Gobik vão produzir máscaras e fatos de proteção

Também a marca espanhola Gobik seguiu o mesmo caminho após o repto de vários centros hospitalares do país vizinho. Já estão a ser produzidas máscaras e batas de proteção em grande quantidade.

Também em Portugal estão a chegar boas notícias, com empresas a reestruturarem as suas linhas de produção, sobretudo no norte do país. Já há empresas a produzir gel desinfectante, batas e máscaras 24h por dia, e um dos casos mais marcantes chega-nos do Porto onde um empresário colocou a sua empresa à disposição da edilidade. Está neste momento a produzir material de proteção para toda a região norte.