comitium

TESTE: Selim PRO Stealth Superlight Carbon

Se procuras um selim leve, confortável e com um bom apoio, então esta pode ser a solução.

Revista Ciclismo a fundo

TESTE: Selim PRO Stealth Superlight Carbon
TESTE: Selim PRO Stealth Superlight Carbon

Com um historial de respeito no que concerne a selins, a PRO pretende com este Stealth Superlight fornecer uma solução leve, estilizada e suficientemente confortável para quem estes critérios são importantes.

A sua base e os carris em carbono são feitos à mão, formando uma peça única, que inclui apoios para os acessórios que a Pro disponibiliza, nomeadamente: suporte para câmara de filmar traseira, suporte para CO2, pack de ferramentas, etc. Salientamos que este selim tem carris ovais, portanto é necessário ter um espigão com um sistema de aperto compatível.

O formato semi-plano com um nariz largo, favorece posições mais aerodinâmicas. Este modelo está disponível em duas medidas, 142 e 152 mm de largura, sendo o conforto garantido por uma espuma EVA muito leve, forrada por uma camada de poliuretano que além de oferecer muita durabilidade promete não causar desgaste/atrito nos calções.

Testámos a versão de 142 mm que acusou na nossa balança uns escassos 144g. O seu desenho carateriza-se sobretudo por ter uma base plana, um nariz largo e por ser mais curto que o normal. Esta combinação de caraterísticas destina-se sobretudo a quem procura um selim polivalente, mas com um enfoque especial nas posições mais aerodinâmicas (mãos nos drops).

No entanto, a sua polivalência permite obviamente outras posições. Na posição clássica - em que adotamos os típicos 45 graus de tronco -, a base larga e plana oferece um bom apoio aos ísquios. Não é aquele tipo de apoio que abrange toda a zona pélvica e nos faz sentir totalmente encaixados. É mais aquele tipo de apoio menor, apenas nos ossos mais salientes, mas que é suficiente.

TESTE: Selim PRO Stealth Superlight Carbon

 

A base é larga, mas rapidamente estreita em direção ao nariz. Isto faz com que ao nos inclinarmos para a frente não seja preciso deslizarmos para a ponta do selim. Basta fletir os braços e continuamos a ter um bom apoio sem o inconveniente de termos as pernas a roçar numa zona normalmente larga do selim. E quando as coisas se tornam ainda mais agressivas, e passamos para uma posição quase de TT, temos um nariz plano e largo, que dá um bom apoio sem massacrar.

Portanto, para nós - e salientamos que a escolha do selim é algo pessoal - este selim é ideal sobretudo para quem passa 60% do tempo na posição normal e os restantes 40% em posições mais agressivas... Não possui dos acolchoados mais volumosos, pois destina-se a quem já tem muitos anos de ciclismo e já possui algum "calo". Na prática, estes selins superleves são para competição e este Superlight destina-se sobretudo a ciclistas menos pesados, que não requerem um almofadado tão volumoso.

Portanto, quando falamos em conforto é sempre mais na perspetiva da ergonomia, formato e apoio. Não tanto pela densidade da espuma EVA e pela capacidade de filtrar a vibração e os pequenos impactos da estrada.

Os detalhes de construção são de elevada qualidade, bem como os acabamentos. Resta referir que para tirar bom proveito deste selim, uma vez que é mais curto que a maioria, devemos ajustá-lo bem quando o montamos. É preciso verificar a distância do selim ao guiador e, caso seja preciso, fazer uns ajustes na primeira volta.

Ficha técnica:

  • Peso: 144g (142 mm)
  • Versões: 142 e 152 mm de largura.
  • Preço: 289,95€
  • Importador: SC Vouga (www.scvouga.pt)
  • Site: www.pro-bikegear.com

O melhor: leveza; facilidade em assumir diferentes posições na bicicleta sem ser necessário deslizar no selim; possibilidade de acoplar acessórios Pro; acabamentos e qualidade de construção.

A melhorar: Preço elevado.

Arquivado em:

Os melhores videos