comitium

Ricardo Marinheiro vice-campeão europeu de eliminação BTT

O português Ricardo Marinheiro ganhou hoje a medalha de prata na prova de eliminação BTT do Campeonato da Europa, que decorre na pista de Tamengos, Anadia, até domingo.

José Carlos Gomes

Ricardo Marinheiro vice campeão europeu de eliminação BTT
Ricardo Marinheiro vice campeão europeu de eliminação BTT

Numa das disciplinas da competição abertas à categoria de elite, Portugal esteve irrepreensível ao longo de todo o concurso. Na fase de apuramento – em sistema de contrarrelógio individual -, Bruno Silva estabeleceu o melhor registo e Ricardo Marinheiro foi o segundo mais rápido. Nas eliminatórias, os portugueses foram passando as diferentes fases, conseguindo ambos estar entre os quatro finalistas.

Na prova decisiva, Bruno Silva acusou o esforço e ficou-se pelo quarto lugar. Mas Ricardo Marinheiro conseguiu estar na disputa do título europeu até ao último metro. O corredor português passou na frente o “rock garden” de acesso à zona de meta, curvou ainda na dianteira para a reta final, sendo apenas batido, já em cima da linha de chegada, pelo esloveno Jakob Klemencic. O terceiro foi o romeno Ede-karoly Molnar.

“Estou a viver um misto de sentimentos. Vim para este Europeu a pensar numa medalha, algo que já não acontecia desde que fui vice-campeão mundial júnior, há 12 anos. Voltar a subir ao pódio, ainda por cima na categoria de elite, é incrível. Ainda tem mais sabor por acontecer em Portugal, com o apoio do público. Isso dá muitos ‘watts’ extra. Na corrida final, sabia que tinha de fazer um arranque muito bom e liderei a corrida toda. Após o ‘rock garden’, sabia que estava em posição de vencer, mas tinha consciência de que se trouxesse alguém na roda para a reta final seria difícil. Dei o que tinha e não me arrependo de nada. Queria uma medalha e consegui alcançá-la”, salientou Ricardo Marinheiro.

“Chegámos a esta corrida com a secreta esperança de poder levar uma medalha. Isso veio a concretizar-se. Tanto o Ricardo como o Bruno são dois grandes especialistas nesta disciplina e provaram-no em prova”, reconhece o selecionador nacional, Pedro Vigário.

A corrida feminina de eliminação assistiu ao guião anunciado. Ou seja, a italiana Gaia Tormena, campeã mundial da especialidade, puxou pelos galões e impôs-se com autoridade. Foi seguida pela eslovaca Terézia Ciriaková e pela checa Zuzana Safárová.

Os Países Baixos triunfaram na estafeta mista (XCR), prova em que cada país compete com seis corredores – três masculinos e três femininas -, cada um fazendo uma volta ao circuito e passando o testemunho a um colega de equipa. Sendo uma corrida em que competem ciclistas de ambos os géneros e de três categorias etárias diferentes, é normal haver alterações no ordenamento classificativo ao longo da corrida, em função das escolhas de cada selecionador para cada volta.

Apesar dessa natural oscilação, o domínio dos Países Baixos foi de tal ordem que começaram a comandar a prova na segunda das seis voltas, fazendo-o em solitário a partir da quarta volta. Desse modo, os neerlandeses conquistaram a medalha de ouro com clara supremacia, medida nos 50 segundos de vantagem sobre a equipa de Itália, que ficou com a medalha de prata. A Alemanha fechou o pódio, a 1m39s da nação vencedora.

Portugal terminou no oitavo lugar, a 3m01s da medalha de ouro. A representação nacional, por ordem de entrada em pista, esteve a cargo de Ricardo Marinheiro, Mariana Líbano, João Cruz, Joana Monteiro, Artur Mendonça e Raquel Queirós.

“Estivemos muito bem como equipa. Foi a nossa melhor participação de sempre nesta disciplina. Estivemos muito coesos, na disputa dos lugares da frente até à última volta, o que para nós é uma novidade e espero que seja motivador para os nossos corredores”, frisa Pedro Vigário.

O fim de semana está guardado para o cross country olímpico (XCO), principais provas do programa desportivo. No sábado competem os sub-19. Às 11h00 é a vez dos masculinos, ficando a prova feminina para as 14h00.

Nesta jornada Portugal terá 12 corredores em pista. No setor masculino vestem as cores nacionais Artur Mendonça, Eduardo Rodrigues, Francisco Silvestre, Guilherma Barros, Rafael Sousa e Tomás Gaspar. As representantes femininas são Beatriz Sousa, Catarina Lopes, Íris Chagas, Laura Simão, Mariana Líbano e Marta Carvalho.

Arquivado em:

Ricardo Marinheiro e Raquel Queirós ganham no Fundão

Relacionado

XCO: Ricardo Marinheiro e Raquel Queirós ganham no Fundão

Ana Santos e Ricardo Marinheiro campeões nacionais de XCC

Relacionado

Ana Santos e Ricardo Marinheiro campeões nacionais de XCC

BIKE nº25 já nas bancas

Relacionado

BIKE nº25 já nas bancas

Revista eBIKE nº5 já nas bancas

Relacionado

Revista eBIKE nº5 já nas bancas

Nossos destaques